sábado, 10 de maio de 2008

Rissois

Ora ai está uma coisa que nunca tinha feito nem pensava vir a fazer, mas como dizem a oportunidade faz o ladrão.

Como a senhora que toma conta do meu pai é cozinheira de profissão (desempregada) resolvi aproveitar os ensinamentos dela nos dias que estive em casa da minha mãe.


O meu papel nestes rissois resumiu-se á parte de passar pelo pão ralado.



















Não me pareceu nada dificil, nem a massa nem o recheio, pareceu-me muito demorado, porque estivemos as duas de volta daquilo uma hora e meia.


Começá-mos pela preparação do recheio, em que podemos variar a gosto, neste caso foi de pescada.

Faz-se um refogado com uma cebola média picada muito fininha, com azeite até a cebola estar transparente, depois junta-se um bocadinho da água em que se cozeu o peixe e deixa-se apurar. Junta-se o peixe desfiado sem peles nem espinhas e mais um bocadinho de caldo, deixa-se cozinhar, tempera-se a gosto, pode-se juntar um caldo knorr.


















No fim desfaz-se uma colher de farinha num copo de água e vai-se juntando ao peixe até o molho ficar creme.

Entretanto fomos começar a preparar a massa e nesta parece que é regra por a farinha em igual quantidade da água.

Neste caso medimos um litro de água e a mesma medida do copo de farinha.

Coloca-se a água ao lume com 100gr de manteiga (isto foi a olho) e uma pitada de sal, quando levanta fervura deita-se a farinha de uma só vez e mexe-se bem até se descolar do fundo do tacho, em seguida vira-se para cima da banca e assim ainda quente amassa-se um bocadinho com as mãos e forma-se uma bola.


















Depois vem a saga de estender a massa, e fazer os rissois, ou seja estica-se a massa e colocam-se colheradas de recheio, dobra-se a massa e corta-se com um copo de vidro do tamanho que se pretender.

No fim de tudo, passam-se por ovo batido e pão ralado e colocam-se num tabuleiro.




















Esta quantidade deu mais ou menos uns 46 rissois, de tamanho médio, nem pequeninos, nem aquele tamanho grande que ás vezes se vê 

E toca a fritar para comer ou congelar para melhores dias

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não passe sem deixar um miminho :)