quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Capitães da Areia de Jorge Amado

Hoje é dia de leitura e o livro que escolhi foi Capitães da areia do grande mestre Jorge Amado, um escritor muito improvável de eu trazer aqui, não está na moda... ninguém lê Jorge Amado... mas eu gosto muito.

Em determinada altura li tudo dele, tenho 15 livros e o primeiro que li foi este.
Imagem do site wook

Quando eu andava no liceu, à semelhança do que se passa agora tínhamos que ler um livro e apresentá-lo aos colegas e a ideia era cativar alguém a ler esse livro, mas tinham que ser livros de autores portugueses, mas uma colega (lá pelo 9ª ano penso eu)decidiu enfrentar a professora e ler um livro de um autor não português ainda que escrito em português, mas português do Brasil.... uma afronta para a professora....

.....mas a verdade é que penso que foi o livro que conseguiu cativar mais alunos a ler, eu fiquei fã e foi o escritor que me cativou a passar dos livrinhos juvenis para outro tipo de leitura, os portugueses, estavam gastos, já tinha esgotado os Eças, Camilos e por aí e andava meio à deriva sem saber bem o que ler e foi este livro que deu o salto.

As obras mais conhecidas deste autor são sem qualquer dúvida
Dona Flor e seus dois maridos, pelas novelas que por aqui passaram e tanto sucesso fizeram.

O país do Carnaval, foi o primeiro livro que escreveu e foi um dos que foram queimados na praça pública em Salvador por ordem da policia do estado novo, Jorge Amado escreveu este livro com apenas 18 anos.

Capitães da Areia, retrata o quotidiano de um grupo de meninos de rua, na cidade de Salvador da Baía e procura mostrar não apenas os assaltos e as atitudes violentas de sua vida, mas também as aspirações e os pensamentos ingénuos, comuns a qualquer criança.

"SINOPSE
Capitães da Areia é o livro de Jorge Amado mais vendido no mundo inteiro. Publicado em 1937, teve a sua primeira edição apreendida e queimada em praça pública pelas autoridades do Estado Novo. Em 1944 conheceu nova edição e desde então sucederam-se as edições nacionais e estrangeiras, e as adaptações para a rádio, televisão e cinema. Jorge Amado descreve, em páginas carregadas de grande beleza e dramatismo, a vida dos meninos abandonados nas ruas de São Salvador da Bahia."
Wook
Quem quiser ver outras obras deste autor, disponibilizadas pelo wook tem aqui uma lista boa

Já fizeram like na minha página aqui«««

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não passe sem deixar um miminho :)