domingo, 15 de abril de 2018

Le Fraisier

Quem me segue por aqui sabe que adoro uma sobremesa diferente e adoro as coisas bonitas e vistosas, desde que também sejam boas claro e quando digo boas é para o meu gosto.
Tenho um leque de ingredientes favoritos e são as coisas onde eles entram que me despertam atenção.

Le Fraisier é o top, é um doce lindo, delicado e com os tais ingredientes... o nome é simples, mas a receita não é das mais fáceis de fazer, é até algo complexa pela grande quantidade de passos e tempos, mas é exequível.

A receita original leva um creme musseline, com muita manteiga, a base é uma genoise e na cobertura leva massapão, coisa que não aprecio e a genoise seria ainda um trabalho acrescido...

Por isso depois de ler algumas receitas e perceber a base, escolhi uma que me pareceu bem, porque eliminava alguns passos e facilitava outros.

Nesta, a manteiga é substituída por queijo, a genoise por um bolo simples e a cobertura por gelatina, arrisquei, ainda que já tive uma má experiencia com este blog, mas o erro deve ser meu.... mas todos os cometários de outras pessoas lá no blog dizem os mesmo.....

Vou passar a receita por passos, parece-me mais fácil do que despejar a lista de ingredientes.




Bolo para a base
2 ovos
1/3 chávena de açúcar
1/2 chávena de farinha
1 colher de sopa de maisena

Bater os ovos inteiros com o açúcar até formar um creme esbranquiçado e fofo, misturar as farinhas peneirar e envolver do centro para fora e de baixo para cima cuidadosamente.
Despejar em cima de papel vegetal num tabuleiro largo e levar ao forno a 180º 10min.
No robot de cozinha fácil, meter os ovos com o açúcar com a borboleta e programar 5min.vel4 temp.37º
Juntar as farinhas e envolver 20 seg vel.3
Reservar.


Gelatina do topo
1 embalagem de gelatina de morango
1 envelope de gelatina sem sabor usei royal
250 ml água a ferver
80 ml de água fria

Dissolver a gelatina de morango com a água a ferver e juntar também a gelatina sem sabor em pó, por ultimo juntar a água fria.
Reservar à temperatura ambiente, não se pode fazer muito tempo antes, porque solidifica mais ou menos rápido por causa da concentração de gelatina.

Creme
12 gemas
125 gr +125 gr de açúcar
80 gr de maisena
1 litro de leite
1 vagem de baunilha
400 gr de queijo mascarpone
50 gr de açúcar em pó

O modo de fazer o creme teve direito a um post exclusivo pela excelência deste doce que pode servir para outros bolos ou tartes e já está aqui a receita bem pormenorizada, feito pelo método tradicional.

Quem quiser pode fazer num robot de cozinha, mais fácil e nestes doces com muitos passos ajuda.
Meter todos os ingredientes no copo do robot de cozinha exceto o queijo e os 50gr de açúcar e programe 10min. 90º vel.5
Retirar do copo e meter numa taça, cobrir com pelicula aderente e levar ao frigorifico a arrefecer
Quando estiver bem frio, juntar o mascarpone e mais 50gr de açúcar e bater bem até ficar um creme homogéneo e firme.

Calda
1/3 de chávena de água
1/3 de chávena de açúcar
1 colher de sopa de Kirsh ou outra bebida alcoólica a gosto

Ferver a água com o açúcar até este se dissolver e deixar arrefecer.
Juntar a bebida alcoólica a gosto.
Reservar.

Morangos
1/2kg de morangos de tamanho idêntico

Escolher os mais bonitos e iguais, para cortar ao meio no sentido vertical em número suficiente para colocar em volta do doce os outros cortar mais pequeninos e reservar.

Montagem o bolo

  • Colocar  a base de bolo numa forma de aro amovível, depois de cortada à medida, colocar um acetato e toda a volta da forma para ajudar a desenformar melhor.
  • Molhar o bolo com a calda.
  • Colocar as metades de morango em cima do bolo, coladas ao acetato com a parte cortada virada para fora em toda a volta .
  • Os restantes morangos picados colocar no fundo em cima do bolo.
  • Cobrir como creme e aconchegar bem para cobrir  bem as laterais e todos os espaços, até ao topo da forma, recomendado uma forma de 21cm/8com de altura.
  • Cobrir com a gelatina com muito cuidado para esta não abrir buracos no doce e nem se misturar, eu usei uma colher de sopa para aparar e amortecer um pouco
  • Levar ao frio por 8 hora, melhor fazer de véspera.
  • Na hora de servir retirar da forma, retirar o acetato com cuidado e alisar um pouco se for preciso a lateral.




Notas:
O que correu menos bem..... o Fraisier desmoronou na mesa, ao cortar.
A gelatina que já tinha rachado um pouco abriu a meio, o creme da base não tem firmeza suficiente para se sustentar e sustentar a gelatina do topo que fica durissima com o extra de gelatina em pó e também pela enorme quantidade de creme em si, que no fundo é um leite creme mais espesso, ninguém desenforma um leite creme, a não ser que a quantidade de farinha fosse muito maior....


Este doce com a manteiga, como na receita original, deve ficar mais duro, porque a manteiga quando arrefece endurece e com o queijo isso não acontece.
Penso que resultará melhor se juntar a gelatina sem sabor no creme, porque na minha pesquisa encontrei uma receita em que substituem a manteiga por natas e agar agar, para dar a tal firmeza.


Depois de 3 ou 4 fatias os morangos laterais já tinham submergido!!!!!!
A receita retirei deste site
Aguardem por novidades que quando chegar a uma solução perfeita eu volto a trazer.

Entretanto sigam aqui »»»» Cininha no facebook

3 comentários:

  1. Essa sobremesa parece ser mesmo deliciosa. Obrigada pela sugestão, vou guardar a receita :).
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  2. A intenção foi boa. Ficou uma sobremesa gira na mesma e de certo deliciosa.
    Este tipo de "acidentes" que não temos culpa e por vezes solução, acontece a todos (então a mim, acontece inúmeras vezes).
    Continua e se acertares, avisa.
    Beijinhos

    www.paopaoqueijoqueijo.com

    ResponderEliminar
  3. Que sobremesa fantástica. Bonita ao olhar e deliciosa de sabor certamente!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)