sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Sapateira à minha maneira

Um dos mariscos que eu gosto mais é sapateira, com torradinhas, adoro e nem precisa ser muito condimentada, se for mais ao natural até é como eu prefiro.

Normalmente a que faço é sempre muito natural, sem grandes sofisticações nem coisas para aumentar para fazer mais quantidade.

Esta como não havia necessidade de acrescentar nem fazer uma grande quantidade, fiz assim mesmo quase só com o que ela traz na barriga.

Já tenho outras publicações sobre sapateira e nesta aqui explico como escolher uma sapateira boa e cheia, para não se correr o risco  de comprar uma casca vazia



1 sapateira congelada
1 colher de sopa de maionese
1 colher de café de mostarda de dijon
1 colher de sopa de pickles picados
1 gema de ovo cozida
1 colher de sopa de whisky


Deixar descongelar a sapateira.

Tirar todas as patas e a casca que tapa a barriga

Retirar todo o conteúdo da barriga para uma taça, escolher toda a carne que se encontra na casca/tampa da barriga de onde saem as patas, porque aí se encontra uma grande quantidade de carne.

Amassar tudo com as mãos e juntar os restantes ingredientes e misturar bem com uma colher.

Temperar a gosto com picante se for o caso, eu não meto.


Voltar a encher a casca e já está, simples e muito boa.

Sigam a minha página de facebook aqui««««


5 comentários:

  1. Olá! Que belo petisco! Adoro.
    Bjs e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  2. Fica uma entrada excelente e requintada! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Gosto tanto, consolo-me só comendo o recheio e tostas. :-)

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Na passagem de ano também fizemos paté de sapateira pela primeira vez. Adorámos o resultado final!

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)