domingo, 10 de janeiro de 2010

Bolo Rei


Este ano resolvi experimentar fazer bolo rei, porque com a máquina de fazer pão era mesmo uma tentação, porque a parte mais difícil de amassar e levedar estava ultrapassada.


Na edição de Novembro da revista da lusitana que eu recebo trazia lá uma receita, que não me pareceu complicada e fiquei logo entusiasmada para experimentar.
Este bolo é feito a partir da farinha própria para a máquina de pão brioche


1 embalagem de Farinha Branca de Neve para Pão de Brioche
2 dl. de Água Morna
100 gr. de Frutos Secos (pinhões, nozes, amêndoas) em pedaços eu só usei noz
50 gr. de passas
50 gr. de frutas cristalizadas
Raspa de 1/2 laranja
2 colheres (de sopa) de Vinho do Porto
Frutas cristalizadas e nozes para decorar
1 Ovo para pincelar
Miolo de pinhão para polvilhar (não usei)
Açúcar em pó para decorar
Geleia para pincelar, (nem vi este pormenor)

Preparação:

Coloque a água na cuba da máquina de fazer pão e junte o pacote de farinha de pão de brioche.
Seleccione o programa “MASSA”.



Depois de terminar o programa, adicione os frutos secos, as passas, o vinho do porto e a raspa de laranja.

Seleccione novamente o programa "Massa"


Depois de o programa terminar, adicione os frutos secos, as passas, o vinho do porto, a raspa de laranja e programe novamente a máquina no programa "Massa".



Depois do programa terminar retirar a massa para uma superficie enfarinhada.
Molde duas coroas e transfira para um tabuleiro untado com óleo.
Tape com um pano e deixe levedar novamente até dobrar de volume, o meu não dobrou, porque penso que arrefeceu, com tanta volta para fazer as coroas e porque a meti em cima da pedra fria.
Pincele o bolo com ovo e decore com os frutos secos e cristalizados e com o açúcar em pó.
Leve ao forno pré-aquecido a 180º, durante 30 a 35 minutos, findo o tempo volte a retirar do forno e pincele com geleia, esta parte eu não fiz, porque nem vi o pormenor na receita.

Ficou fofinho, mas com um ligeiro sabor á massa levedada, talvez por não ter levedado o tempo o tempo suficiente fora da máquina.

7 comentários:

  1. Eu segui esse modo de fazer, embora tenha usado outros ingredientes e outra farinha. Para a próxima, aquece um bocadinho o forno e desliga-o, colocando o bolo-rei lá dentro até dobrar de tamanho. Foi assim que fiz da segunda vez que fiz bolo-rainha e levedou bem. Tem estado tanto frio que é quase impossível a massa crescer :) Ficou um belo bolo-rei!

    ResponderEliminar
  2. Olá Alcina,

    a farinha para brioche é mesmo uma delicia! Tenho feito vários bolos rei. Inclusive fiz umas inovações: um bolo rei africano e um asiático. O teu bolo rei por ser mais ovalado parece a minha rosca de reyes (mexicana). Bela decoração a tua.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Mesmo não tendo ficado como querias, está lindo.
    Para levedar o que eu faço coloco o bolo perto do aquecedor, mas sem levar o calor directo e leveda.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Ficou um lindíssimo bolo-rei!
    beijinho :)

    ResponderEliminar
  5. Tem certos pratos que não faço porque são poucas "bocas" a consumir.
    Achei belíssimo o bolo-rei. Se o fizesse, retiraria as frutas cristalizadas, no mais está perfeito.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. O bolo ficou lindo, com essa farinha é mesmo fácil de fazer.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. fiou muito bonito na mesma. e saboroso acredito.
    essa receita fez imenso sucesso
    beijinhos

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)