terça-feira, 26 de setembro de 2017

Arroz integral com tomate e ervilhas

Estou fã de arroz integral, nunca tinha comprado e nem provado, não era coisa que me despertasse a atenção, mas desde que provei aprovei.
A sua textura depois de cozinhado nada tem a ver com arroz normal,  mais encorpado, parece duro, mas não é, não é aquele arroz que se desfaz na boca e nem aquele arroz que temos a sensação de mal cozido é bem diferente do outro até no sabor.

O aspecto também é diferente, se em cru ele é escuro, com umas casquinhas à mistura, depois de cozinhado fica mais clarinho e o grão mais pequenino.


domingo, 24 de setembro de 2017

Bolo de água, azul do porto.....

Este bolo já vem com algum atraso, como tudo aqui no blog ultimamente, mas ainda a tempo :)

Aniversário, medalha de prata na canoagem, e ainda bolo azul do porto e do Clube de canoagem.....muita emoção para um dia só para o meu Migelito.


O meu gulosinho, para o seu aniversário quer sempre  a pasta de açúcar no bolo, fui eu que introduzi a ideia, há uns anos atrás, ele agarrou-a e agora não há quem lhe faça mudar de ideia, não é coisa que eu aprecie e nem ninguém cá de casa, entenda-se os convidados habituais, mas como ele adora e o bolo é dele eu faço-lhe a vontade e pior ainda, por muito que me custe (não me custa nada :)) faço-lhe o bolo sempre azul do porto!!!! coisa que também não aprecio muito, nem o porto e nem futebol.... mas o que uma mão não faz pelo seu filhinho.....

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

10 anos é muito tempoooo

E já passaram 10 anos desde que iniciei este blog.

10 anos de pura diversão, boa disposição, comidinhas boas, viagens e outras coisas que eu gosto, amizades criadas e um grande enriquecimento pessoal, quer ao nível da gastronomia, quer a outros níveis.



sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Beringela recheada com atum

Quem gosta de beringela recheada?

Eu já tinha feito com carne picada e não apreciei muito, penso que nem deixei aqui a receita, esta com atum foi a minha mãe que descobriu a receita, experimentou e como gostaram tanto lá em casa, resolvi fazer para experimentar.

Fica muito bom, muito melhor do que qualquer expectativa.


sábado, 2 de setembro de 2017

Doce de courgette aromatizado com limão e canela

Fim de férias, a escola à porta, época de retomar as actividades rotineiras.

Fazer doces não é rotina, mas um prazer para mim, adoro fazer doces, tenho pena de ninguém comer muito cá em casa, por isso faço poucos.
Doce de courgette nunca tinha feito, mas já há algum tempo que andava com vontade de experimentar.
Este ano como tivemos uma grande produção, na nossa quinta e ainda me ofereceram algumas e já congelei para a sopinha do ano inteiro, resolvi fazer um pouco de doce.

Mas..... com pouco açúcar como manda a tradição cá em casa


2 kg de courgette
700 Gr de açúcar
Casca de 1 limão
2 paus de canela

Descascar as courgettes e estas como eram já grandes demais, retirei toda a polpa e sementes.
Partir em cubinhos e meter no tacho, por cima colocar o açúcar, a casca do limão e os paus de canela e deixar macerar por 15 ou 20 minutos, para o açúcar derreter.

Levar ao lume brando até atingir ponto (quando se deixa cair doce da colher forma uma bolinha leve).

No robot de cozinha, pulverizar primeiro a casca do limão 10seg vel.5
meter os cubos da courgette no copo, junto com o açúcar e o pau de canela e programar 30min. 100º vel.2 quando atingir a temperatura, substituir o copo medida pelo cesto, e no final do tempo verificar a consistência do doce, se estiver muito liquida, por mais 10min. 120ºvel2 a gosto.


Meter em frascos com tampa de metal, com o doce ainda a ferver e apertar bem a tampa, não precisa inverter os frascos porque o doce conserva-se na perfeição, ao arrefecer forma-se vácuo e não havendo ar não há "bichos", é assim que conservo os meus e aguentam-se anos se for preciso....