domingo, 22 de outubro de 2017

Grutas de Altamira passeando por Cantábria

Nas ultimas férias de verão, uma das coisas que fui visitar foi a Gruta de Altamira, só que não estudei o roteiro e pensava que ia mesmo ver a Gruta, mas esta não se encontra aberta ao público, apenas permitem a visita à sexta feira a 5 pessoas mediante sorteio, não sei como esse sorteio é feito, por que nem era sexta feira e nem iria estar lá na próxima.

O que se visita todos os dias e é grátis é o Museu Nacional e Centro de Pesquisa de Altamira onde tem uma sala a Neocueva ou Neo-caverna de Altamira a reprodução mais fiel da original, onde podemos ver réplicas perfeitas das pinturas originais.

sábado, 21 de outubro de 2017

Bôla de fiambre e queijo com sementes de girassol e linhaça

Começou a escola e as actividades e com elas as festinhas.
Na catequese do Mi normalmente e ao contrário do costume não fazem festa de fim de ano, fazem antes festa de inicio, uma espécie de acolhimento, brincadeira para todos e como não podia deixar de ser lanchinho e os pais é que levam para partilhar, eu fiz um bolo de chocolate e uma Bôla de carnes, normalmente só há doces nestas festas não sei porquê e os poucos salgados voam....

Por isso eu levo sempre um salgado também, a bôla cá de casa é sempre a mesma na base, o recheio ou a forma é que é diferente, esta fiz redonda, sem buraco, mas em camadas e só com fiambre e queijo, para cobertura meti umas sementes e ficou linda :)



quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Legumes a mais.... não ao desperdicio

Há épocas em que me chegam a casa cabazes hortícolas que nem me cabem as coisas no frigorífico, da minha horta poucos, porque o tempo não dá para tudo e por lá pouco se tem cultivado, mas das hortas dos amigos é uma fartura.

Como não conseguimos comer tudo junto e nem conservar no frigorífico porque não cabe, normalmente congelo, já preparado para cozinhar.

Bom para conservar e prático, para quando não se tem tempo para preparar as coisas, rapidamente se tira uma caixa e com mais qualquer coisa se faz uma sopa. 


segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Folhadinhos de maçã com queijo Chevre e noz

Estes folhadinhos já me andavam a aguçar o apetite e a curiosidade há algum tempo, aproveitei agora que tinha muito queijo vindo directamente de França e umas nozes para experimentar da Nutvitae.

Para entrada ou só petisco são super fáceis  e rápidos.

Resulta uma combinação algo exótica, só mesmo para apreciadores de sabores fortes, onde o contraste entre o doce e o salgado é muito evidente.


1 placa rectangular de massa folhada fresca
1 queijo chevre
1 maçã usei vermelha, mas reineta será mais indicada.
Nozes a gosto
Mel a gosto.
1 gema

Esticar a placa de massa folhada sobre o papel e cortar em 6 quadrados iguais, eu cortei uns maiores e outros menores com medo que não desse para dobrar, mas dá muito bem.

Retirar o caroço à maçã e cortar em rodelas com casca e tudo.

Cortar o queijo em rodelas.


Montar o folhado, colocando em cima de cada quadrado uma rodela de maçã e em cima desta uma rodela de queijo, terminar com uma metade de noz e cobrir com mel a gosto.



Dobrar os cantos da massa folhada para cima e pincelar com gema de ovo diluída com umas gotas de leite.


Levar ao forno pré aquecido a 200º durante 10 min e depois baixar um pouco e deixar mais 10 minutos, até ficar lourinho por cima, verificar se está cozido.

A maçã meio cozida, o queijo derretido, o sabor do mel forte e doce com o crocante da noz, fica um contraste muito forte, eu gostei bastante.

Quem já fez like na minha página de facebook :) 

domingo, 15 de outubro de 2017

Orelha de porco de vinagrete ou salada de orelha

Ora aqui está uma coisa que não aprecio, comer e principalmente fazer!!!!

Eu por norma gosto de tudo e este prato se não houver mais nada também petisco, mas não morro de amores, mas os meus meninos adoram e resolvi fazer para as entradas na festa de aniversário do pequeno.


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Marmelada branca, mas não é de Odivelas

Mais uma dose de marmelada, todos os anos faço, porque é o único doce que o meu menino gosta e para variar no pão que lhe envio para a escola faço sempre e de vez em quando lá vai no lanchinho.

Os marmelos sempre 100% biológicos, muitos furinhos e alguns bichinhos também.