terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Broinhas de abóbora e frutos secos

Estas broinhas fui buscar ao site da Vaqueiro, já tenho mencionado por aqui que gosto muito das receitas desta página, livros e revistas, normalmente resultam sempre bem, ao contrário de outras páginas, estas são efectivamente testadas e trabalhadas para que resultem e normalmente são fáceis de executar.

As receitas que levam abóbora, seja bolos ou filhós, tem que se cozer a abóbora com algum tempo de antecedência e deixar escorrer bem, por vezes até recomenda espremer num pano....

Tudo procedimentos que não combinam comigo, gosto de pensar e executar logo, não sou paciente para esperar por quem não prometeu vir, sei que há coisas na culinária que precisam de processos demorados, mas eu não sou apreciadora dessas receitas.

Assim esta receita é bem ao meu gosto, passa essa parte da abóbora e faz-se tudo na hora.
 A receita transcrevo a que está no site, porque está muito bem.



quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Sopa de feijão preto

Nunca tinha comprado feijão preto, mas um dia destes decidi experimentar.

E como comprei um saco de quilo, resolvi experimentar sopa também.

Esta sopa fiz um pouco diferente das habituais, um pouco ao contrário e com refogado, já há muito tempo que não fazia sopa com refogado, mas na pesquisa de receitas apareceu uma e achei interessante, claro que adaptei à minha maneira e ficou bem boa.




sábado, 24 de novembro de 2018

Bacalhau com grão e broa

Este bacalhau é mais uma das mil e uma maneiras de fazer bacalhau.

A sugestão é de uma colega que fala muito nele e um dia resolvi fazer.

A receita não sei se está exactamente, porque neste tipo de pratos, por vezes não aponto, tomo nota dos pormenores principais na minha cabeça e depois quando vou fazer já me esqueci de metade, mas é sempre bom, porque assim nascem novas criações e este foi do agrado de todos.

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Gelado de cookies

Este gelado é um dos doces que recebe mais elogios sempre que faço para visitas, pode ser feito com vários tipos de bolacha e é muito fácil e rápido de fazer, só demora o tempo de congelação, mas também se pode comer como sobremesa.

A receita original já é muito antiga cá em casa e originalmente era com bolachas belinhas, que penso já nem existirem, depois passou a filipinos, já fiz com  waffers e agora cookies, fica sempre bom e doceeee, por isso eu aumento um pacote de natas à quantidade original e suporta bem, eu até tenho as minhas dúvidas se não aguentaria 4 e doce suficiente...



terça-feira, 20 de novembro de 2018

Arroz de atum


Quem nunca chegou a casa sem saber o que fazer para jantar....

O eterno dilema e se chegamos tarde e não previmos nada, nem deixámos nada a descongelar, temos que inventar algo assim do nada.

Este arroz foi uma dessas alternativas. 

Atum há sempre em casa.