domingo, 24 de abril de 2016

Trifle de morangos e bolo de chocolate

Já há algum tempo que andava com vontade de experimentar esta sobremesa O trifle, uma sobremesa inglesa em que se utilizam restos de bolo, pão de ló ou outro e em que esse bolo é molhado com Sherry, uma bebida alcoólica, eu utilizei este bolo que fiz de propósito para o efeito e não molhei com bebida alcoólica, por causa da criança, fiz uma calda nos morangos para ajudar molhar o bolo, ainda que este não estivesse seco nem duro.

Esta sobremesa pode levar também gelatina entre a fruta que normalmente são frutos vermelhos, eu só meti morangos. Deveria terminar com chantilly e frutas, em não usei o chantilly.

1 kg de morangos
1 lata de leite condensado
2 latas e 1/2 de leite normal
2 colheres de sopa de maisena
6 gemas

Partir os morangos em quartos e se não forem muito doces juntar 1 colher de sopa de açúcar e o sumo de uma laranja e deixar repousar.

Entretanto preparar o creme, misturar as gemas com a maisena e os leites e levar ao lume a engrossar e reservar.

Montar o doce, numa taça grande ou em taças pequenas que fica mais bonito, eu fiz numa grande para maior facilidade, dado que foi para uma festa e não dava jeito ter tanta tacinha no frigorífico e nem iria fazer uma taça por pessoa.

Partir o bolo com as mãos e colocar uma camada no fundo da taça, por cima colocar uma camada de morangos e algum sumo, depois uma camada de creme e assim sucessivamente até acabar com creme e morangos a decorar.

Ficou uma sobremesa muito boa, a combinação de sabores é perfeita.

domingo, 17 de abril de 2016

Bolo de chocolate - o mais fácil do mundo

Precisava de um bolo rápido de fazer, para utilizar numa sobremesa que já há algum tempo andava com vontade de fazer, mas o bolo ficou tão bom que vai ficar no caderno para voltar a fazer.

Como ficou um bolo tão grande aproveitei a metade restante para montar uma espécie de naked cake.

Acho engraçado estes conceitos, estrangeirismos que aparecem e ficam.... naked cake um bolo despido, mais rústico, sem grandes preocupações com a decoração, em camadas e com creme e fruta em que tudo fica á mostra.

3 Ovos
1 Chávena de óleo
3 Chávenas de farinha
2 Chávenas de açúcar
1 Chávena de chocolate em pó
1 e 1/2 Chávena de água a ferver
1 Colheres de sobremesa de fermento
1 colher de sopa de bicarbonato

Meter numa taça os ovos, o óleo (não enchi bem a chávena), a farinha, o açúcar e o chocolate em pó e mexer bem com uma colher até não se ver pó nem grumos.
Juntar a água a ferver e misturar bem.
Por ultimo juntar o bicarbonato e o fermento e misturar bem.

Levar ao forno pré aquecido a 200º em tabuleiro rectangular untado com manteiga e polvilhado com farinha, durante 40 minutos.

Nota:O bicarbonato faz com que o bolo fica bem negro, parece que levou cacau em vez de chocolate

domingo, 10 de abril de 2016

Bolo de bolacha com creme de manteiga

Bolo de bolacha que é bolo de bolacha é com creme de manteiga.... era assim quando eu era pequena e é assim que o conheço, os outros com natas, mousses, pudins e leites condensados, são bons, mas são outra coisa...

Já há alguns (muitos) anos que não fazia este bolo.
Porque me lembrei dele... porque na ultima festa dos escuteiros onde o meu filho anda, os chefes promoveram uma acção para angariar dinheiro em que os pais foram convidados a levar um salgado e as bebidas e eles iriam preparar a sobremesa, um mega bolo de bolacha que foi feito pelos próprios escuteiros mais pequenos, com ajuda dos maiores e ficou lindo.

O meu escuteirinho comeu e adorou, nem sei (ou sei) como nunca lhe tinha feito este bolo... bem resumindo ele agora pediu-me para fazer e foi um filme cá em casa :)

O pai que também adora viu fazer e quando viu que o bolo leva um pacote inteiro de manteiga recusou-se a comer :) coisa que não interessou muito ao pequeno que ficou com o bolo todo para ele, vá com uma fatiazinha ou duas a menos porque o pai não resistiu e eu também não, principalmente porque fiquei com peso na consciência do pequeno comer o dito pacote inteiro :O

Quem me acompanha por aqui sabe da minha aversão a gorduras a granel mas dias não são dias....

A receita é da minha prima, porque a que eu costumava fazer não a tinha em papel e já não me lembrava...recomenda ela fazer uma cobertura com chantilly, mas com tanta celeuma por causa da manteiga, já não me atrevi a fazer esta parte :) guardei um pouco do creme e barrei assim mesmo e cobri com bolacha seca ralada


250 gr de manteiga
4 colheres de sopa de açúcar em pó
+/- 300 ml de café 
2 pacotes de bolacha maria

Bater a manteiga com o açúcar até ficar um creme fofo.

Fazer um café forte, pode ser mesmo café de máquina mais diluído, ligeiramente adoçado, porque o creme leva pouco açúcar, deita-se ao pouco e pouco num prato fundo, para não arrefecer e é aqui que se vai molhar as bolachas e vai-se pondo mais á medida que desaparece.

Montar o bolo, pondo camadas de bolacha molhadas no café e escorridas, em que a primeira e segunda camada, deve ser mesmo só passada no café.
Por cima de cada camada barrar com o creme de manteiga.

Fazer camadas até esgotar o creme, eu costumo fazer as camadas em forma de flor, 1 bolacha no meio e 6 em volta, mas podem-se alternar as bolachas e fazer redondo

Nota:A manteiga é do tipo becel, ou outro creme vegetal, com manteiga mesmo não fica bom.


sexta-feira, 25 de março de 2016

Picado de abelha

Este bolo é uma receita já antiga, semelhante a muitas de tarte de amêndoa que por aí se encontram, este é o nome que tenho no meu livro de receitas escritas á mão e é assim que é conhecida cá em casa.

Uma sugestão que combina na perfeição com a Páscoa, amêndoas, fios de ovos...


185 gr de açúcar
315 gr de farinha
125 gr de manteiga
4 colheres de sopa de leite
1/2 colher de chá de fermento
3 ovos

Creme
125 gr de amêndoa
125 gr de açúcar
125 gr de margarina
4 colheres de sopa de leite

Bate-se o açúcar com a manteiga derretida em banho Maria.
Juntam-se os ovos um a um, batendo sempre.
Junta-se o leite e por fim a farinha misturada com o fermento, batendo mais um pouco.

Para o creme cortam-se as amêndoas ás tirinhas e põem-se num tachinho com os outros ingredientes.
Vai ao lume e ferve durante 7 minutos.

Deita-se o creme em cima da massa da tarte que já deve estar na forma e só depois vai ao forno a cozer.

Numa forma de tarte de fundo fixo, untada com manteiga e farinha, ou numa de fundo móvel forrada com papel vegetal.
Em forno pré aquecido a 200º durante 30min ou até a amêndoa estar dourada e o bolo cozido.

Para uma ocasião mais festiva, decorado com fios de ovos fica lindo, estes são de compra, nunca me aventurei a fazer.