sábado, 17 de janeiro de 2015

Farófias no microondas

Por vezes há pequenas soluções que nem tínhamos pensado experimentar, mas que resultam na perfeição.

Gosto muito de doces com claras em castelo, seja no forno sejam estas tradicionais farófias e raramente as fazia, porque não gostava do procedimento de as cozer em leite, nunca sabia bem se já estavam bem cozidas e depois de escorridas e postas no pirex para servir acabava sempre por aparecer liquido no fundo e o leite creme acabava por ficar com um aspecto esquisito.

Vi no blog da Luísa que ela as faz no microondas e resolvi experimentar, adorei o resultado, cozem super bem, não se pegam ao prato que se utiliza, ficam redondinhas e sequinhas, impecáveis, adorei.

Para as claras utilizei a proporção de 1 colher de açúcar para 1 clara que ela mesmo indica.

6 claras
6 colheres de sopa de açúcar

Bater as claras em castelo bem firmes e quando estiver quase juntar o açúcar aos poucos e continuar a bater, até virar a taça e elas não caírem.

Colocar colheradas do tamanho que gostar num prato grande no microondas, espaçadas entre elas para não se pegarem. 

Retirar e transferir para o recipiente onde vão ser servidas, cozer até acabar as claras todas.
O tempo depende do microondas e da sua potencia, ela recomenda 15 seg, eu fiz em casa da minha mãe e o micro dela só tem 850 de potencia pelo que tive que meter mais tempo, fui experimentando até ficarem na consistência desejada, foi mais ou menos o dobro do tempo.


Para a cobertura eu gosto com leite creme e para o fazer aproveitei as gemas e fiz a receita do robot de cozinha que ela também tem no blog.

1 litro de leite
6 gemas
150 gr de açúcar
40 gr de farinha maisena
Casca de limão e pau de canela a gosto

No copo da máquina meter a borboleta e juntar todos os ingredientes
Programar 9 min, temp.90º vel 2 
No fim do tempo retirar o pau de canela e as cascas do limão e deitar em cima das claras.
Fica bom e mais bonito polvilhado com canela, eu não meti, assim cada um pode por no seu prato a gosto, porque temos em casa quem não goste de canela.

É um doce muito bom para festas em que há sempre muitos doces e muito calóricos,  este é mais simples e podemos cortar um pouco no açúcar para ficar melhor ainda.

sábado, 10 de janeiro de 2015

Panquecas de iogurte

Que somos fãs de panquecas já não é novidade, com iogurte nunca tinha feito, mas gostámos bastante, ficaram muito fofinhas e saborosas, nem precisavam de cobertura.

Estas na receita original levavam rodelas de banana, por isso se utiliza o iogurte de banana eu não tinha banana e também não me pareceu uma ideia muito boa, por isso deixei simples, deixa margem para utilizar o sabor de iogurte que mais gostarmos.


1 chávena de farinha
1 colher de chá fermento em pó
1/2 colher chá bicarbonato de sódio
2 colheres sopa açúcar
1 iogurte solido de banana
3 colheres sopa leite
1 ovo

Misturar todos os sólidos e envolver bem, juntar o iogurte, o leite e o ovo e bater bem até ficar um creme sem grumos e homogéneo.

Levar colheradas de massa ao lume, numa frigideira anti aderente, ligeiramente untada com óleo. Quando fizer bolhas vira-se e deixa-se mais uns segundos e já está. 
Quem quiser experimentar a banana é aqui que entra, metem-se as rodelas em cima da massa antes de virar.

Prontinhas para servir com o que mais gostar, chocolate é o meu preferido, mas pode ser uma compota, açúcar e canela, mel ou mesmo simples como o meu pequeno gosta mais.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Sonhos de natal

Mais uns sonhos feitos a pedido pelo pequeno, adora as "bolinhas do natal", quase nem lhe tocou... mas como todas as crianças tem as suas rotinas na cabeça, desde o primeiro ano que lhe fiz sonhos que ele pede sempre, gosta muito destes fritos de natal e como a minha mãe ultimamente já não faz filhoses por não conseguir amassá-las faço estes sonhos para as substituir.

A receita retirei por aí, ainda que seja diferente da minha habitual resultou muito bem, ficaram uns sonhos menos ocos mas muito fofinhos.



200 ml de água
75 gr de margarina
200 gr de farinha
6 ovos
1 casca de limão
1 colher de café de sal.
Canela q.b.
Açúcar q.b.


Levar a água ao lume com a casca de limão, o sal e a manteiga até esta derreter e ferver.

Retirar do lume e juntar a farinha peneirada, de uma só vez e mexer muito bem até não haver grumos e a massa formar uma bola em volta da colher que se solta do tacho, levar mais um pouco ao lume brando para secar muito bem a massa.
Transferira para uma taça e deixar arrefecer um pouco.

Bater os ovos e juntar os ovos a pouco e pouco á massa sem deixar de bater muito bem entre cada adição. Este ano bati com a batedeira e é muito mais fácil.

A massa está pronta quando levantar a colher e fizer uma ponta transparente que não cai.

Fritar colheradas de massa em óleo bem quente e deixar fritar lentamente em lume brando, picando de vez em quando os sonhos para ficarem mais fofinhos. Para a massa não agarrar ás colheres mergulham-se no óleo quente. Os sonhos vão-se virando sozinhos durante a fritura.

Escorrem-se sobre papel absorvente e polvilham-se a gosto com açúcar e canela ou podem-se molhar com uma calda de açúcar

domingo, 5 de outubro de 2014

Tarte pastel de nata

Há quem lhe chame tarte de nata, mas para mim tarte de nata é outra coisa completamente diferente, uma que já tenho por aí no blog, esta é mesmo Tarte pastel de nata, porque parece um pastel gigante.

Esta foi feita a pedido pelos colegas de serviço, para levar para um daqueles dias que ninguém gosta de trabalhar, feriados e afins, os doentes estão lá e alguém tem que tratar deles, então para adoçar o nosso dia, cada um leva algo.
Como não tinha nenhuma receita especial, fiz esta que sem ser especial, me pareceu bem e fácil.

1 placa de massa folhada fresca
5 gemas
5 colheres de sopa de açúcar
5 colheres de sopa de farinha
1/2 litro de leite.
A gosto, raspa de limão, pau de canela ou essência de baunilha

Esticar a massa folhada numa forma de tarte.

Preparar o creme.
Bater as gemas com o açúcar e em seguida juntar a farinha e a raspa de limão e o açúcar baunilhado/essência de baunilha, envolver tudo muito bem e juntar ao pouco e pouco o leite a ferver.

Misturar muito bem e levar ao lume a engrossar e cozer a farinha.

Transferir para a a forma e levar ao forno a cozer por 25 min em forno a 200º