sábado, 20 de março de 2010

Omelete do marido

De vez em quando não apetece fazer jantar e muito menos pensar no que fazer o marido lá se disponibiliza e inventa uns petiscos, ou faz algo mais simples, mas que tem sempre o seu toque pessoal, que não sei se é por não me darem trabalho, nem a fazer nem a pensar sabem-me pelos deuses.

Esta omelete foi um desses petiscos, a coisa mais simples mas que com uns ingredientes especiais, faz toda a diferença.

Ovos quanto baste
Chouriça e salpicão caseiro, que a minha sogra ainda faz.
Uma fatia de queijo só para enganar o sabor.
Umas rodelinhas de cebola, cortadas á maneira do cozinheiro.
Umas folhinhas de salsa picada.
Azeite.

Primeiro cortar os enchidos e a cebola e levar tudo a alourar um bocadinho no azeite.

Juntar os ovos batidos, o queijo e a salsa, envolver bem tudo e deixar cozinhar.

Enrolar ou dobrar a minha unica intervenção no processo e já está um petisco,

que dizem as más linguas é um sacrilégio acompanhar com chá, mas a mim é assim que me sabe bem.

6 comentários:

  1. Engraçado, cá em casa quem faz as omeletes tb é o meu homem.. Tb tenho 1 para postar.. Essa tua tá com tão bom aspecto :)..
    beijo e bom domingo

    ResponderEliminar
  2. Adoro omelete, esse recheio nunca tinha passado pela minha cabeça, muito interessante, boa semana!Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Ainda por cima com fumados caseiros. Bem bom :)

    ResponderEliminar
  4. hum belo petisco.
    o homem ta de parabens e sabem bem estes mimos.
    beijos

    ResponderEliminar
  5. Também faço parecidos e é um petisco.
    É bom quando alguém nos substitui, até a comida sabe melhor, o problema é a loiça :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Que maravilha, até faz crescer água na boca só de olhar! Não tenho muito jeito para omeletes, acabam todas em ovos mexidos...
    Bjkas

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)