quarta-feira, 11 de julho de 2012

Férias - No reino da bicharada parte II - Badoca park


Outra visita que já há algum tempo estava pensada era o Badoca Safari Park, perto de Sines e como o nosso destino era o Alentejo, esta era uma excelente oportunidade para o visitar.
É um parque com algum interesse, mas com algumas falhas na minha opinião, principalmente para quem não vai prevenido como foi o nosso caso e não sabíamos bem como é o parque e o que há para visitar, fazer e tempo necessário para efectuar a visita.
A ilha dos lémures onde há uma pequena explicação sobre a sua alimentação




 A ilha dos flamingos

  A aldeia africana 





Uma pequena apresentação de aves de rapina





De resto tudo que há para ver no parque resume-se a pouco e a única diversão que há uns barcos para descer um rio artificial que as crianças até gostam, está fechado até ás 14 horas e como tal assim que abre tem uma fila imensa para esperar pelo menos 30min e descer em 3 ou 4, uma seca impossível de repetir ainda que as crianças peçam...

Vale a pena ir, mas com esta premissa, organizando a hora de chegada, para fazer o safari cedo e depois de ver tudo sair ou então ir só depois de almoço, porque o único restaurante existente no parque é caro e não tem muita variedade.




 O safari, a parte mais interessante do parque é marcado consoante a hora de chegada, o que quer dizer que se chegarmos tarde como foi o nosso caso, que chegamos pelas 11 h da manhã tivemos direito a embarcar só ás 15h30 e durante esse tempo todo de espera não há muito para ver ou fazer, para além disso o parque não é muito confortável, porque é uma imensa zona de terra fininha e mole em que se enterram os pés, não há relva para se repousar, nem caminhos empedrados ou de outro tipo, só terra... há sombra mas não lhe damos o devido valor por o chão ser só terra.











Outra falha do parque é a sinalização de acesso deficiente, só há uma placa de indicação na estrada que vem de Sines e fica mesmo em cima da saída da estrada para a terra que encaminha ao parque, bem á portuguesa....
O preço não é barato, mas há a possibilidade de se comprar na net dois bilhetes de adulto pelo preço de um....já não está tão mal...

2 comentários:

  1. Já fomos visitar esse parque e fiquei muito desiludida. na altura ainda estava em construção o rafting, não estava em funcionamento e aquilo realmente é só pó por todo o lado [e eu detesto pó!!!].
    Dentro desse género de parque vale muito mais a pena visitar o Monte Selvagem, tem uma variedade e condições muito melhores.

    ResponderEliminar
  2. Uma ótima experiência para estar em família, sobretudo quando se tem crianças.
    Levei meus filhos quando pequenos ao Simba Safari e eles adoraram.
    Beijos, Alcina!

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)