sábado, 24 de agosto de 2013

Pudim de caramelo e bolacha

Cá em casa nunca tive muito habito de comprar pudins de pacote, mas agora com o pequeno os hábitos já não são o que eram e ele gosta muito mais de um pudim de pacote do que do melhor pudim caseiro que eu possa fazer, por isso de vez em quando compro e faço mais para ele.

E os hábitos mudaram um pouco e não foi só nos doces, na alimentação em geral, quem tem crianças sabe que eles são um bocado de ideias fixas e gostam de coisas mais simples.
Cá em casa dentro de certos limites vamos mudando algumas coisas, se há coisa que não entraram em grande, tipo batatas fritas e fritos em geral, há outras que entraram aos poucos, tipo salsichas e as carnes picadas, estas entraram, mas feitas em casa. Outras há que fomos abolindo aos poucos, tipo pudins de legumes e legumes estufados, é muita verdura concentrada...

Por isso, um dia destes tinha um pacote de pudim de caramelo e não foi dos sabores que ele gostou mais, por isso dei-lhe um ar diferente para ver se a coisa ia melhor.

1 pudim de pacote de caramelo
100 gr de açúcar
1/2 litro de leite
Bolacha Maria ralada

Fiz o pudim segundo as instruções do pacote.
Ralei bolacha Maria  e meti tudo em camadas, começando com pudim e terminando com a bolacha.

Fresquinho até se comeu bem.

Mas estes pudins com sabores também não são os meus preferidos e pudins de pacote para mim são os do velhote da caixa azul, esses sim lembram-me a infância eram esses que comia em casa da minha mãe e da minha avó, que os tinha lá sempre á nossa espera quando nós chegávamos.

4 comentários:

  1. olá! de facto a alimentação dos miúdos nem sempre é tão simples como poderia ser e vamos tendo de ir fazendo algumas concessões... Às vezes também uso pudins de pacote e com alguma imaginação ficam bem apetitosas!
    Esta é uma excelente sugestão!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Alcina,
    Por vezes, com a chegada das crianças, conseguimos mudar para melhor a alimentação, mas os pequenos podem ser difíceis no quesito de alimentação. Meu filho bebê até 1 ano comia muito bem. A partir daí entrou numa fase complicada. Mas está aí, adulto e comendo de tudo.
    Alimentos com memória afetiva são os melhores.
    Obrigada por participar do aniversário do blog!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Pode vir uma tacinha para a minha sobremesa.
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/08/5-edicao-escolha-do-ingrediente-e.html

    ResponderEliminar
  4. Olá Alcina , obrigada pela visita querida e adorei conhecer seu cantinho e suas receitas. Um abraço.

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)