quarta-feira, 21 de maio de 2008

Favas á minha maneira

A produção de favas, lá da quintinha é tipo progressão geométrica, plantam-se un grãozinhos e saem de lá milhões de tubos gigantones bem cheinhos, biológicos 100% e para além disso sem trabalho nenhum, pura geração espontânea.

Mas o inconveniente é que eu gosto de favas, mas duas vezes por ano no máximo!!!!

Da produção deste ano sairam estas favas á minha maneira, as quantidades é tudo q.b.

Cebola, alho, presunto caseirinho e uns cubinhos de bacon, tudo a bronzear no azeite, e carne a gosto.

Neste caso juntei carne de porco cortada aos cubinhos, juntei um bocadinho de vinho e deixei cozinhar a carne por um bocadinho, em seguida juntei tomate bem madurinho sem pele e partido.

Quando a carne está quase cozinhada, juntam-se as favas, tapa-se o tacho e deixa-se cozinhar em lume brando, até as favas estarem cozidas e o molho bem apurado, juntar mais liquido, apenas se secar muito, ou se se quiser por ovos para escalfar, eu não juntei, porque tinha muita carne.

5 comentários:

  1. Linda a suas favas!
    Sinto uma pontinha de inveja, já que aqui não dá para plantar nada (moro em um apto que não tem varanda para ajudar).
    Sua receita tá apetitosa.
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Que boas são as tuas favas!
    Em criança, odiava-as, agora estou a aprender a apreciá-las...
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Mas que prato delicioso!!
    Adoro favas de qualquer maneira,até só cozidas acompanhar peixe frito,as suas estão divinais.

    Bjinho!

    ResponderEliminar
  4. isto é um petisco tipicamente português e é uma delícia.
    adorei

    ResponderEliminar
  5. Olá,

    Este ano também plantei favas no meu quintal e tive um colheita boa, tenho a arca com muitas favas, vou levar a tua receita para experimentar porque me parece deliciosa.

    Gostei muito do teu blog e já estou a segui-lo.

    bjinhos
    http://cozinhacompaixao.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)