terça-feira, 7 de outubro de 2008

Feijoada de presunto

Que coisa mais esquisita!!! pois é como é habito já há uns anos o meu sogro arranja todos os anos um presunto caseiro para nós e como era habito também, quando já não se consegue cortar nada, lá vem a pergunta o que fazer ao osso!!!

E sempre o dito lá ia para o lixo!!! Depois de contar isto a uma amiga ela dizia-me que era um sacrilégio e que o osso dava para muitas coisas e lá ia o osso para casa dela!!!


Este ano decidi experimentar aproveitá-lo, partimos o dito pelas articulações e mete-mo-lo de molho e assim já se consegue cortar um monte de febras, nem eu imaginava a quantidade que sobrava, para começar experimentei fazer feijoada.


Fiz mais ou menos como se fosse feijoada normal.
Refoguei
uma cebola,
uns alhitos,
um tomate,
uns paus de louro
o presunto cortado as tiritas
e metade de um chouriço caseiro.
Tudo bem apuradinho e e como gosto de couve na feijoada e não tinha outra, meti um saquinho de caldo verde que tinha no congelador a precisar de ser gasto.
Então não era uma feijoada rustica!!!!
E por ultimo, juntei uma lata de feijão manteiga.
Depois foi só apurar um bocadito, fazer um arroz branco para acompanhar e o aspecto foi este, meio esquisito, mas o sabor estava delicioso.

2 comentários:

  1. Bela feijoada... não sabia que se podia fazer isso ao osso :)

    ResponderEliminar
  2. De esquisito não têm nada!!!Que bela feijoada e realmente estamos sempre a aprender.Agora quando tiver o osso do dito já não deito fora como fazia:(Obrigada pela dica.Beijinhos carinhosos

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)