domingo, 14 de dezembro de 2008

Tigelada

Este fim de semana tive uma amiga lá da minha Covilhã a almoçar , mas que também já lá não mora há muitos anos como eu e resolvi fazer uma Tigelada lá da zona para matar saudades.

E digo saudades, porque cá em casa já há sensivelmente 18 anos que não faço, porque a tigelada entrou com o pé esquerdo na minha casa.

Como é uma sobremesa típica da minha zona e da qual gosto muito, logo que me casei resolvi comprar um caçoilo de barro para a fazer, mas comprei um pequeno e achei que tinha que lá caber a receita toda, mas a coisa correu mal, porque quando começa a ferver aquilo borbulha um bocado e deitou para fora, mas como a tigelada não se podia estragar, deixei a coisa cozer até ao fim, pensando, aquilo torra mas depois lava-se!!!!

Qual não foi o meu espanto que o torrado não saía nem de raspadeira!!! comprei forza para fornos e deitei tanto que o esmalte ficou todo baço e ás pintinhas, nem é preciso dizer que o forno era novinho!!!!!

Fiquei com tamanha neura que nunca mais fiz!!!hoje resolvi fazer e procurei outra receita na net para não andar a fazer contas da minha receita antiga, vou colocar as duas, ficam muito diferentes, mas gosto mais da minha.

A que fiz hoje retirei do roteiro gastronómico:

1l de leite
7 ovos
2 colheres de sopa de farinha(mal cheias)
500 gr de açúcar
1 colher de sopa de mel (não deitei por não fazer parte da minha memória mel na tigelada)
raspa de limão

Batem-se os ovos com o açúcar e junta-se a farinha e a raspa de limão e por ultimo junta-se o leite.

O caçoilo de barro já deve estar dentro do forno enquanto ele aquece e depois sem se retirar o cacoilo do forno e com a ajuda de uma concha, deita-se la a mistura e eu aqui polvilhei com a canela.

Deixa-se cozer até ficar com a consistência de pudim.



A minha receita :
12 ovos
500gr de açúcar
500ml de leite
1 limão
e canela muito importante

Faz-se igual á anterior, mas acrescenta-se também o sumo do limão e polvilha-se com bastante canela depois de estar dentro do caçoilo e vai ao forno.

Gosto muito mais desta minha, tem uma consistência muito diferente, basta notar a diferença de proporção entre os ovos e o leite.

6 comentários:

  1. Ora tá aí uma sobremesa que nunca fiz, talvez por não ter a referida forma.... Levaste muitos anos 18 para esquecer o sucedido, que trauma, e o forno não ficou estragado??
    Adorei a sugestão da tigelada nas 2 versões, boa semana, bjs.

    ResponderEliminar
  2. Eu nunca fiz mas provei em Coimbra tigelada e é muito bom. Um doce fantástico :)

    ResponderEliminar
  3. Nunca fiz, por não ter a dita forma e por me parecer complicado demais para as minhas habilidades culinárias. :)

    Boa semana. Bjs

    ResponderEliminar
  4. Nunca fiz tigelada, mas adoro comê-la...
    A especialista é a minha comare Isabel.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. ainda bem, que desta vez funcionou ;-) nunca provei, acreditas???? mas gostava muito!!!

    ResponderEliminar
  6. Gosto muito, como sempre que posso, mas nunca fiz em casa por causa da forma de barro que não tenho...tou a ver que tenho de ir à feira...beijinho

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)