domingo, 11 de janeiro de 2009

O meu primeiro pão

Finalmente comprámos a maquina de fazer pão, o marido andava com vontade de a comprar, porque diz que o preço do pão é um roubo!!! e que só comemos pão que não presta!!!.


Mas como ele é um bocadito esquisito com o pão e eu não ligo muito nunca me interessei em tal coisa, mas agora que tenho visto por aqui paezinhos com um aspecto tão bom juntámos o útil ao agradável e lá comprámos uma.


No mesmo sitio onde comprámos a máquina, aproveitei para trazer logo, um pacotinho de farinha e umas caixinhas de fermento, que eu já tinha visto por aí que existe um fermento próprio....


Depois de trazer o bichinho para casa e depois de passar uma noite a lêr as instruções lá acordei hoje a pensar na máquina e no pãozinho que ia fazer.


Receitas!!! o melhor é fazer as que vêm com a máquina porque também já tenho visto por aí e ouvido a amigas que no principio a coisa não corre bem!!! era melhor não inventar, mas isso não é comigo!!!!!


Porque a farinha que tinha comprado não se adaptava a todas as receitas, farinhas de centeio não tinha, de aveia não tinha, fermento seco!!??


Bem o unico que tinha os ingredientes mais ou menos acessíveis ao que eu tinha em casa era o pão de aveia embora não tivesse flocos de aveia resolvi rápidamente o problema e toca a inventar.


Então a receita deste pão segundo o livro de instruções da máquina é:


350ml de Água..
1 colher de chá de Sal
25 gr de Margarina
1 colher de chá de Açúcar amarelo
150 gr de Flocos de aveia
375 gr de Farinha tipo 65
3/4 de pac de fermento em pó.


1ª dificuldade, como não tinha os flocos de aveia, resolvi ir ao saco de Muesli que temos para o leite, porque achei que aquilo eram os flocos de aveia ideais e toca a escolher as passas e os pedaços de banana e frutas cristalizadas e meti os flocos, sementes restates......na picadora 123 e toca a fazer daquilo uma farinha grosseira com uns pedacinhos menos triturados.





2ª dificuldade o fermento, quando comprei perguntei e não me souberam dizer das duas marcas existentes qual seria o melhor, comprei as duas e logo decidia, porque o peso das saquetas era muito diferente, optei pelo que dizia próprio para máquina de pão (marca Vahiné)


Depois havia que optar pelo programa, escolhi o normal, para não inventar muito e cor médio e o nível escolhido foi o I, mas numa distração penso que aquilo passou para o II e só quase no fim dei conta.


Resumindo:


Deixo a fotografia para verem a maravilha, o espectáculo,nem tenho adjectivos para classificar este pãozinho, uma verdadeira delicia :-) até se veem as sementinhas dos cereais.








Só espero que não tenha sido sorte de principiante e a coisa corra bem nas próximas vezes :-)


8 comentários:

  1. O vahiné nunca se deu bem comigo. Eu uso fermento de padeiro fresco que compro na padaria :) Nunca mais comprei pão de padaria e nem sei o preço que estão agora. Que este seja o primeiro de muitos... não foi sorte de principiante ;)

    ResponderEliminar
  2. Ficou um lindo pão, sem dúvida! Estou a imaginá-lo ainda quentinho barrado com manteiga...hum! :)

    ResponderEliminar
  3. Alcina, eu tenho máquina de fazer pães, mas não dou muita sorte não. O seu ficou bem melhor que quase todos que eu já fiz. Até desisti de fazer mais pães, para não perder ingredientes. Está de parabéns. Bjs e volte sempre ao meu blog. O seu já está na minha lista de links.

    ResponderEliminar
  4. Querida Alcina, o seu pão ficou perfeito!!! Uau!! Sabe que eu ainda não tinha tido coragem para fazer um pão integral? Só que essa história mudou, a partir de agora vou fazer pão integral com mais freqüência, até porque o meu esposo gosta demais.

    Sua receita já está anotada.

    Bjus

    ResponderEliminar
  5. Alcina, o seu pão ficou maravilhoso!
    Já tenho a MFP há uns meses e nunca mais dei dinheiro a ganhar ao padeiro! E a MFP já está paga... E sei o que como e o que lá coloco... e a higiene que uso...
    Ao princípio e também para não imnventar, limitei-me a fazer as receitas da máquina (é uma Taurus My Bread) mas comecei a achar muito complicado pesar sempre aqueles ingredientes (os que você menciona), por isso comecei a investigar pelos Blogues e Sites de receitas e suporimi grande parte desses ingredientes. Há uma receita chamada de Pão da Avó Marta (que está no meu Fórum salvo erro) que é simples de fazer e tem ainda a opção das farinhas da Nacional Caseiro, Rústico e Vitale (com cereais) que é só colocar na cuba 350 ml de água e 500 g desssa farinha, programar o tempo que geralmente é o normal e o tipo de tostado. Mais simples que isto não existe.

    ResponderEliminar
  6. Que lindo ficou o teu pão! Para 1ª experiência saiste-te muito bem, aliás, olhando para ele ninguém diria que foi a 1ª vez que fizéste!Beijinhos!

    ResponderEliminar
  7. Parabéns!!!Ficou lindo.Ha um muito obrigada pelo alerta já postei um alerta ao plágio.Beijinhos carinhosos

    ResponderEliminar
  8. Ficou bem bonito esse pra 1º pão :)...
    bjinhus

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)