quinta-feira, 11 de junho de 2009

Doce de damasco e cravinho

Desde que vi esta compota de damasco no blog da Mary nunca mais me saiu da cabeça e como lá na quinta estavam mesmo a cair da árvore, nada como aproveitar para fazer.

Com as devidas alterações penso que não saí muito da regra, porque para além de não ter os ingredientes necessários em casa nunca consigo fazer as coisas exactamente como manda a receita original.


Então a cópia da receita da Mary saiu assim


1kg de damascos
Algumas passas de uva (opcional)
100g de açúcar mascavado (usei 200g amarelo)
100 de frutose (não usei porque não tinha)
Casca de uma laranja
1 pau de canela
1 c. de café de cravinho em pó (usei em grão) eu também :-)
1 c. de sobremesa de agar-agar ( não usei porque não tinha )



Depois foi só cortar os damascos e retirar os caroços, porque a pele só retirei alguma mais velha, meter tudo na cuba da máquina de fazer pão e seleccionar o programa próprio para doces.



Bem não sei fazer a descrição de cheiros e sabores da Mary, mas posso dizer que fica uma delicia, ligeiramente ácido, também com tão pouco açúcar!! e super aromático.



Foi a minha primeira experiencia com doces na MFP e fiquei fã, muito independente o processo, não é preciso passar horas em frente ao tacho a mexer para não pegar e ver o ponto.

Muiitttoooo boomm mesmo :-)

8 comentários:

  1. Alcina, quem me dera ter um damasqueiro no meu quintal!
    Tenho que sugerir uma arvorezinha destas ao meu pai...
    Os teus damascos são lindos, têm uma cor fantástica e já comia uns quantos, pois os meus acabaram-se...hehehe:)
    Compota caseirinha e aromática, com fruta biológica é do melhor! :)

    ResponderEliminar
  2. Compota não sei... mas um ou dois damascos, bem que tos roubava... assim madurinhos são uma tentação!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Alcina, nem precisas de descrever o cheiro ou o gosto amiga, ficou com umas cor linda, adoro doce caseiro e faço muito tb,por acaso ainda não usei a minha MFP para fazer doce, hei-de experimentar, beijinhos boa semana,

    ResponderEliminar
  4. Só pelos ingredientes que leva dá logo para imaginar o cheirinho...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Não há nada como doce caseiros ....e o pauzinho de canela e muito mais, adorei, especialmente com panito fresco yumyum. lindas fotos jinhos xx

    ResponderEliminar
  6. Amiga querida, por aqui não existe damascos frescos, apenas secos... uma pena, pois eu adoraria provar essa maravilha... =D
    Beijo grande

    Mari

    ResponderEliminar
  7. Alcina,

    Primeiro você me deu água na boca com as fotos de Angra e agora com esses damascos. Uma árvore carregada tem mais é que aproveitar. Eu gosto de fazer sucos, dá para congelar os pedaços das frutas e usar o ano todo.

    Mas essa compota eu faria sem cravos pois detesto cravo. Mas eu amo geléia ou compota de damascos. Sabe que tanto pêssegos como damascos eu gosto deusar a casca pois além de melhorar a cor ficam mais doces sem precisar adoçar muito.

    Aqui ainda não comprei damascos, mas os pessegos estão em todo canto.

    Beijos,

    C.

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)