quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Bacalhau espiritual

Olha o meu blog fez ontem 3 anos, já nem me lembro das datas importantes, há tanto tempo que convivo com ele que já nem me lembro do dia em que resolvi meter-me nestas andanças de blogs :-) mas como este mês é um mês muito preenchido de datas acontece alguma ficar esquecida :-)

Assim para comemorar nada melhor que um bacalhauzinho.

Depois da festa de aniversário que fiz para as crianças nos anos do meu menino, ficaram os adultos para jantar, como estes não se contentam com pipocas e batatas fritas, fiz umas coisinhas mais consistentes e saborosas.

Depois de um pão de queijo e melão com presunto para entrada, fiz este bacalhau, que normalmente agrada aos crescidos e os pequenos também não se queixam.

Eu fiz a dose a triplicar, porque como se diz lá na minha terra o que cresce é o que abastecemais vale sobrar do que faltar.

300 gr de bacalhau
200 gr de cebolas
200 gr de cenoura
50 gr de miolo de pão
1 dl de leite
80 gr de margarina
Sal e pimenta q.b.

Passar pela máquina ou desfiar o bacalhau o mais fino possível, eu amassei com as mãos, depois de desfiar.

Pique finamente as cebolas e rale a cenoura e leve a estufar com a margarina, eu substitui por azeite.

Entretanto ponha o pão de molho no leite, eu usei papo-secos(carcaças) com a codea e tudo.

Junte este pão ao refogado anterior e misture bem.

Adicione o bacalhau, tempere com sal e pimenta e bata tudo muito bem até obter um preparado fofo e homogéneo.

Unte com margarina um tabuleiro de ir ao forno e á mesa e transfira para lá o preparado de bacalhau.

Entretanto faz-se o molho bechamel com
1 colher de sopa de margarina
1 colher de sopa de farinha
3,5 dl de leite
sal, pimenta, noz moscada e umas gotas de sumo de limão.
2 gemas

1 pacote de natas.
Queijo ralado a gosto.

Leve a margarina a derreter e polvilhe com a farinha, mexa e regue com o leite frio.
Deixe em lume brando até engrossar, mexendo sempre e tempere a gosto.

Fora do lume pode-se adicionar 2 gemas, eu não adiciono.

Deitar este molho sobre o bacalhau e envolver tudo muito bem.



Levar ao forno bem quente durante 10 minutos, se se fizer logo na altura, eu como o fiz com antecedência e congelei tive que deixar durante mais tempo, quando começar a borbulhar está no ponto.

Depois disto retirar do forno regar com natas ligeiramente batidas e polvilhar com queijo ralado, eu também não reguei com as natas, porque quando ia tirá-las do móvel, reparei que os 5 pacotes que comprei para a festa já tinham sumido!!! ficou muito bom na mesma e ainda mais saudável.

Fotografias do produto acabado não houve tempo para isso.

8 comentários:

  1. Alcina parabéns pelo aniversário do teu blog.
    Este bacalhau deve ser delicioso!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Antes de mais Parabéns pelos 3 anos de existência do "Artes, viagens e sabores".
    Espero que muitos mais se repitam.

    Parece ter ficado delicioso.
    Gosto bastante de bacalhau espiritual.

    Bj

    http://asvezescozinheira.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. É o mês dos blogues :)... o meu tb fez aniversário há uns dias...
    Parabéns pelo cantinho amiga...
    Adoro bacalhau espiritual, está óptimo
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Que delícia deve ter ficado este bacalhau!!!
    E parabéns pelo aniversário do blog.
    Bjs...

    ResponderEliminar
  5. Ui, eu nem gosto muito de bacalhau, mas esse tem um aspecto tão, mas tão bom... Manda um bocadinho para mim...

    Beijokinhasssssssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  6. Este bacalhau ficou com um aspecto fantástico.
    À Espiritual nunca preparei mas já está na minha lista de receitas a fazer.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Parabéns pelos 3 anos.
    Uma proposta divina ♥

    ResponderEliminar
  8. e um bacalhau que adoro pena que la em casa nem tosdos gostam e nao fazemos muitas vezes
    beijinhos

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)