sábado, 30 de abril de 2011

Arroz de bacalhau


Ultimamente tenho trazido poucas fotografias da nossa quinta, porque o tempo foi tão chuvoso e a vida familiar tão atribulada e com tanta desgraça que nem tempo tivemos para lá ir, mas talvez por isso a horta que por lá plantámos cresceu ao abandono e no meio da erva foi o ano que produziu mais  espigos e grelos de couve e nabo. Os nabos de cabeça não provamos nem um, porque ficaram duros e bichosos, mas os grelos, das poucas vezes que lá fomos trouxemos o carro cheio, assim congelei para mais tarde e comemos com tudo.

Como não podia deixar de ser também fiz o famoso arrozinho de bacalhau, famoso pelo menos cá em casa, porque todos adoramos até o mais pequeno que raramente repete, mas neste assiste á chamada as vezes que lhe oferecermos.

Pode parecer meio deslavado e aguado, mas o sabor faz esquecer o especto muito facilmente.



2 postas de bacalhau
1 cebola pequena
3 dentes de alho
1 chávena de arroz carolino
espigos de couve a gosto
Azeite e sal q.b.

Primeiro cozer o bacalhau, escolher as espinhas e peles e desfazer em lascas, reservar.
Fazer o tradicional refogado com a cebola, o alho e azeite a gosto, juntar alguma água de cozer o bacalhau, depois de passada por um coador.
Juntar os grelos bem lavados e partidos pequenos e deixar cozinhar um pouco, breves minutos.
Juntar o resto da água e o arroz temperar a gosto, tendo atenção se o bacalhau estava bem ou mal dessalado e deixar cozinhar.
A meio da cozedura do arroz juntar o bacalhau envolver e deixar cozinhar até ao fim.
Um truque da minha mãe é juntar uma barbatana do bacalhau que não foi demolhada, dá um sabor muito bom ao arroz, intensifica o sabor do bacalhau.

3 comentários:

  1. Alcina, essa é uma mistura que nunca experimentei, mas acho o bacalhau tão bom, que cai bem em qualquer preparado.
    Quanto à fase, passa, viu? Dias melhores virão!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  2. É um dos pratos que me lembro de ver à mesa desde pequenina :)

    ResponderEliminar
  3. Essa da barbatana para dar sabor é uma boa dica, os antigos é que a sabem toda! :)
    Também sou fã de um belo arroz de bacalhau, aliás até de massa de bacalhau, canja de bacalhau, e aí fora...não resisto:)

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)