domingo, 18 de setembro de 2011

Bavaroise de frutos vermelhos

Ás vezes quando quero fazer um bolo ou doce apetece-me fazer algo diferente, só que por muito que procure não há muitas novidades, ou pelo menos coisas que me despertem muito os sentidos, sou de gostos um pouco restritos e não gosto muito de variar daquilo que gosto e normalmente acabo por fazer muitas vezes os mesmo bolos ou os mesmo doces, por não encontrar nada fantastico que me convença que é muito diferente do que já conheço...

Esta receita foi daquelas que depois de olhar pensei logo que tinha que experimentar e com algumas modificações ficaria bem, encontrei-a no do site da vaqueiro, mas claro que como pensei fiz as minhas alterações, recomendavam meter creme culinário vaqueiro, só que nunca usei e imaginei uma coisa tipo manteiga derretida, logo decidi nem sequer averiguar e substitui por natas que fica sempre bem nestes doces e em vez dos 400ml que recomendava do creme meti só metade das natas e juntei um iogurte natural, que também me parece bem neste tipo de doce.
As 100 gr de framboesas foi um bonus para gastar umas que andavam no congelador e antes que ficassem ressequidas usei-as aqui.

6 folhas de gelatina
450 g de frutos vermelhos congelados
100gr de framboesas
200 g de açúcar
paus de canela
1 dl de água
3 ovos
2 dl de natas
125 ml de iogurte natural.

Ponha as folhas de gelatina de molho em água fria.

Deite os frutos vermelhos num tachinho, junte-lhes 100 g de açúcar, 1 pau de canela e a água e leve a ferver sobre lume moderado durante 5 minutos.

Entretanto parta os ovos e separe as gemas das claras. Bata as gemas com 50 g de açúcar até obter um creme esbranquiçado.

Coe os frutos através de um passador de rede e retire o pau de canela. Dissolva a gelatina escorrida na calda quente.

A mim ao olhar para aquele puré de frutos, pareceu-me um desperdicio coar tudo, achei que ficaria retida muita polpa desnecessáriamente, pelo que triturei tudo com a varinha e coei em seguida, assim apenas ficou na malha de rede as sementes, ( não esquecer de retirar o pau de canela ou sai em pedaços)

Se se quiser pode-se guardar um pouco deste puré e uns frutinhos para decorar e foi o que eu fiz.

Adicione a calda em fio à gemada, mexendo com uma colher de pau e junte o iogurte.

Bata as claras com a batedeira e quando estiverem em espuma adicione-lhes os restantes 50 g de açúcar e continue a bater até estarem bem espessas.

Junte o creme de frutos vermelhos a pouco e pouco às claras, envolvendo delicadamente.

Bata as natas até espessar e misture suavemente no preparado anterior.

Distribua por formas individuais ou numa forma grande e leve ao frigorífico até prender.

Na altura de servir, mergulhe rapidamente as formas em água bem quente e desenforme para os pratos de serviço.

Decorar com alguns frutos e um pouco da calda de frutas que se reservou.

Uma bavaroise deliciosa, uma receita a repetir sem qualquer dúvida, exótica, suave, cremosa, leve, doce suficiente sem ser enjoativa com o sabor delicioso dos frutos silvestres a sobressair muito bem, não tenho adjectivos suficientes para descrever o quanto gostei deste docinho, vai sem dúvida para o top dos meus favoritos.

Esta pequenina foi congelada para mais tarde recordar e ficou também deliciosa de comer meio gelado meio mousse.

4 comentários:

  1. Alcina simplesmente adoro estas sobremesas, bem frescas e com frutos vermelhos é 500% do meu agrado :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. ficou muito aptitosa a tua sobremesa alcina aposto aque o teu menino adorou essa cor :)
    um beijinho grande

    ResponderEliminar
  3. Eu costumo dizer que na época dos tomates não há más cozinheiras e na dos morangos não há más doceiras.
    Uma bavaroise que me enche as medidas.

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)