terça-feira, 20 de março de 2012

Bolo para o pai


Mais um bolo a sair deslocado no tempo, mas foi feito no tempo exacto, para levar para a festa de homenagem aos pais do colégio do pequeno, ainda que a ocasião não exigisse um bolo tão elaborado, eu tinha que testar a pasta de leite em pó, para ter a certeza que iria conseguir fazer a coisa sem dificuldades e sem me chatear, para uma ocasião especial e que requer calma e tranquilidade.

A receita fui busca-la ao blog da Lina  para testar a farinha de alfarroba que tinha comprado há já algum tempo e como ela tem lá várias, fui lá e o escolhido foi este, um pouco ao acaso e também porque o efeito zebra tem uma ar divertido para crianças.

250 g de cenouras (2 médias)
1 chavena de chá de açúcar
1 chavena e 1/2 de chá de farinha
2 Gemas
2 Claras em castelo
40gr de manteiga sem sal derretida
1 Colh. de sobremesa de fermento em pó
1 Colh. de sopa bem cheia de farinha de alfarroba
Meia chávena de leite (de minha autoria)

Tal como a Lina eu ralei a cenoura, só não a passei com a varinha mágica, como ela sugere, porque a minha receita de bolo de cenoura também leva cenoura ralada assim e fica bom.

Primeiro bater as claras em castelo e reservar.
Em seguida bater as gemas com o açúcar e a manteiga derretida, e juntar a cenoura, batendo até a mistura ficar bem homogénea, acrescentar a farinha envolvida com o fermento aos poucos, com a batedeira em velocidade mais lenta, eu aqui juntei meia chávena de leite, porque a massa ficou muito dura e não me pareceu que conseguisse envolver bem as claras em castelo. Juntei então as claras em castelo e envolvi com cuidado.
Dividir a massa em duas partes, uma ligeiramente maior que a outra, na parte menor juntar a farinha de alfarroba.

Depois deitei uma colherada de massa clara no centro da forma, por cima uma colherada de massa escura e assim, de forma alternada até  acabar a massa como fiz para o bolo zebra que já tenho por aqui no blog.

Levar ao forno em forma untada com manteiga e polvilhada com farinha, pelas indicações da Lina e pela quantidade de massa que resultou vi que teria um bolo pequeno e por isso cozi numa forma de suflé com mais ou menos 18cm de  diâmetro, em forno a 200º por mais ou menos 30 minutos (verificar a cozedura com o teste do palito).

Por baixo da cobertura usei um creme imitação de outro que já costumo fazer, só para a pasta de leite aderir melhor, misturei 1 colher de sobremesa de farinha maisena com meio copo de leite e 1 colher de sopa de farinha de alfarroba, que levei ao micro-ondas em potência  máxima por + ou - 30 segundos, retirei e mexi muito bem com uma colher, para dissolver grumos e cobrir o bolo ainda quente.

Por ultimo e depois de tudo bem frio cobri com a pasta de leite em pó que já expliquei aqui e que desta vez resultou muito melhor, com os ajustamentos que eu já tinha pensado.

Para colar as decorações á pasta, que no outro bolo não consegui, basta colocar uma gotinha ou uma pincelada de água e as figuras aderem muito bem, se forem assim rasas.
Depois do ataque ao chapéuzinho como disse uma coleguinha ainda consegui uma mostra do interior antes de ser todo devorado.

2 comentários:

  1. Alcina que bolinho tão lindo e perfeito.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. O interior do bolo ficou excelente!
    Uma boa sugestão.

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)