sábado, 8 de junho de 2013

Lasanha com legumes

Finalmente acertei na lasanha, esta ficou muito boa e aprovadissima por todos, até o mais pequeno que nunca repete nada pediu mais um bocadinho. Ficou tenrinha, suculenta, mesmo como nós gostamos, sem molho exagerado, mas também não foi necessário.

O segredo nem sei bem se foram os legumes, se foi do queijo usado em vez do tradicional mozzarella, ou se foi a massa de lasanha fresca... penso que uma mistura dos dois.

Recheio
300 gr de carne de porco picada
300 gr de carne de vitela picada
1 cebola grande
3 ou 4 dentes de alho
Polpa de tomate caseiro q.b.
Azeite q.b.

1 lata de cogumelos
1 cenoura grande ralada
1 ramo de brócolos
Sal, colorau e pimenta a gosto


Molho bechamel receita do livro do meu robot de cozinha (com menos farinha)
60 gr de Farinha (meti só 40g)r
500 ml de leite
60 gr de manteiga
sal, pimenta e noz moscada a gosto
200 gr de natas

Para montar
400 ml Polpa de tomate
1 embalagem de Queijo ralado curado (da marca do sitio do costume)
1 embalagem de massa fresca (da marca do sitio do costume).

Primeiro estufei a carne com a cebola, azeite, alho e tomate caseiro, deixei cozinhar bem até a carne estar bem tenra, o que fiz de véspera.
No dia, ralei a cenoura no copo do robot de cozinha com uns toques de turbo, depois juntei os brócolos e os cogumelos e triturei mais um pouco de modo a ficar com pedacinhos pequenos.

Juntei a carne no copo e programei 5 min 100º vel 4, só mesmo para aquecer a carne e incorporar os ingredientes novos.

Retirei a carne e no copo fiz o molho bechamel, para isso meti todos os ingredientes, excepto as natas,  programar 4 min. 90º  vel.4.

Depois juntam-se as natas e programa-se mais  30 seg. 90º  vel. 4

Tudo pronto é só montar as camadas.
O que fiz diferente desta vez foi acrescentar entre as camadas de placas e carne, para além do molho bechamel, queijo ralado e polpa de tomate de compra e gastei mais ou menos 2 pacotes dos pequenos, por isso 400ml.
No fundo do tabuleiro
Polpa de tomate e bechamel, o que dá uma mistura rosa.
Uma placa de massa
Depois carne, mais bechamel, tomate e queijo ralado
Mais uma placa 
e por aí fora até acabar terminando só com bechamel e bastante queijo ralado

Esta quantidade deu para fazer duas lasanhas, uma num tabuleiro de barro e a outra meti num daqueles tabuleirinhos das lasanhas de compra e congelei, para uma próxima oportunidade, para quando não houver tempo para fazer jantar, sai uma lasanha já prontinha tal qual as de compra, mas sem os famosos aditivos, para além de alguns contidos na polpa e cogumelos...

5 comentários:

  1. Que lasanha tão apetitosa, eu também uso sempre massa fresca, acho que a textura fica melhor!
    beijinhos e um bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
  2. A lasanha esta mesmo muito apetitosa....

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Ai que aspecto maravilhoso tem essa lasanha! Adoro.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Que saudades tenho de comer lasanha :)

    ResponderEliminar
  5. Está uma combinação muito boa! e um aspecto daqueles! bjks

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)