terça-feira, 11 de junho de 2013

Um museu com M grande - Museu Machado de Castro Coimbra

De vez em quando temos que ser turistas na própria terra e foi o que nós fizemos um fim de semana destes já quase verão, mas com temperaturas e nuvens de inverno.

Fomos até ao Museu Nacional Machado de Castro, um museu que visitei em jovem numa visita de estudo da escola e do qual não tinha a mais pálida ideia, numa época em que provavelmente tinha coisas mais interessantes na cabeça do que museus.

Mas como agora até gosto e gosto de incutir isso ao meu menino, fomos até lá e qual não foi o meu espanto, encontrei um museu magnifico, ao melhor nível do que tenho visitado por esse mundo fora, em termos de organização, espaço e colecções presentes, uma verdadeira jóia do nosso património, uma visita imperdível para quem vem até á bela cidade dos estudantes.


A visita está organizada por zonas e começamos pelo criptoportico romano.

"O criptopórtico é formado por dois níveis sobrepostos de galerias abobadadas: o piso superior desenvolve-se em função de duas galerias acopladas em forma de pi (¶) e unidas também transversalmente por um conjunto corrido de sete celas retangulares (fig. 3) que se abrem para o exterior – ao longo da fachada principal – através de frestas de iluminação e ventilação; o piso inferior circunscreve-se a uma galeria disposta transversalmente em relação a uma outra série de sete celas intactas – mas mais altas e espaçosas que as do piso superior – que comunicam entre si por passagens estreitas e abobadadas."



Depois continuamos para os pisos superiores e temos várias salas lindíssimas, muito bem estruturadas e decoradas, desde o chão á iluminação, tudo perfeito e com variadíssimas colecções também muito bem expostas por temas:

Arqueologia

Escultura em pedra
Em terracota uma ultima ceia magnifica ( Ah e os apóstolos têm dentes...o meu curioso espreita em todo lado e descobriu isso)
uma pietá  e um cristo enorme igualmente magnificos



cerâmica

Pintura

Texteis e tapeçarias

Joalharia de entre as peças destaco esta custódia, pelo seu tamanho e beleza


Depois temos mobiliário,colecções que não se integram na lógica do museu, peças orientais, metais e sei lá mais quê.....esta é apenas uma pequenissima amostra do que por lá vimos

Sei que entre salas, salinhas, peças e pecinhas passamos 2 h30 dentro do museu e nem demos pelo tempo passar, só quando passamos pelo restaurante que lá existe, com umas vistas muito bonitas e um cheirinho delicioso é que demos conta pela barriga que já estava na hora de comer :-)

Um Museu com M grande que vale a pena uma visitinha e aos domingos de manhã é grátis, bom mas para quem gosta de dormir ao domingo de manhã ele está aberto também á tarde :-)

1 comentário:

  1. Por acaso já tinha a ideia que era um museu muito interessante ;)

    Beijinhos e tem uma boa noite :D

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)