sábado, 2 de janeiro de 2016

Magret de pato com redução de vinho do porto

Para inicio de ano deixo uma sugestão delicada, um prato típico da cozinha francesa, com o toque português do vinho do porto.
É um prato muito apreciado cá em casa, pelo toque do doce da redução de vinho do porto com a carne, só tenho que deixar passar um, um pouco mais que o devido para os homens.


2 magrets de pato (vulgo peitos)
1 copo de vinho do porto
1 copo de sumo de laranja
Sal e pimenta q.b.

Retirar alguma gordura que esteja em excesso, para além da pele e dar-lhe uns cortes sem chegar á carne, formando uma espécie de xadrez, a intenção é para que a gordura derreta melhor e se solte da carne.

Temperar os peitos de pato com sal e pimenta moída na hora.

Por numa frigideira anti-aderente sem gordura nenhuma com a pele virada para baixo e deixar que cozinhem até ficarem com a pele dourada, se ficar com gordura em demasia na frigideira, deve-se tirar para a carne cozinhar na sua própria gordura, mas sem fritar.
Quando estiver dourado vire e deixe cozinhar mais uns minutos, mas não muito, porque a carne tem que ficar mal passada para não ficar seca.

Retire para cima de uma tábua e deixe repousar, enquanto prepara a redução de vinho do porto, ou pode ser preparada antes, para a carne não ficar fria. 
Meter dentro de uma caçarola ou frigideira o vinho do porto e o sumo de laranja e deixar ferver até que toda a água evapore e fique um liquido espesso, quase um xarope, só assim está a redução bem feita.

Cortar o peito do pato em fatias, regar com o molho de vinho do porto e servir com o acompanhamento que mais preferir, pode ser puré, legumes ou arroz seco, eu servi com arroz de passas.

5 comentários:

  1. Adoro este prato, bem simples e muito saboroso, mas eu sou também do grupo da carne bem passada :)
    Gulosoqb

    ResponderEliminar
  2. Hum...adoro pato!
    Nina
    https://www.facebook.com/cantinhodapartilha/

    ResponderEliminar
  3. Ficou mesmo 5*****um beijinho e um 2015 muito feliz.

    ResponderEliminar
  4. Que aspeto maravilhoso! Parece-me um prato perfeito para o tipo de festividades que já passaram! Pode ser que no próximo natal já se encontre pato por aqui por isso levo a receita! Beijinhos e bom ano!

    ResponderEliminar
  5. o meu marido cria patos e é sempre um stress saber o que fazer com eles ... já me falaram deste magret ... nunca experimentei ... esta tua receita parece-me bem simples, tenho de experimentar.
    bjs
    Carla
    http://cromasdacozinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)