quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Legumes a mais.... não ao desperdicio

Há épocas em que me chegam a casa cabazes hortícolas que nem me cabem as coisas no frigorífico, da minha horta poucos, porque o tempo não dá para tudo e por lá pouco se tem cultivado, mas das hortas dos amigos é uma fartura.

Como não conseguimos comer tudo junto e nem conservar no frigorífico porque não cabe, normalmente congelo, já preparado para cozinhar.

Bom para conservar e prático, para quando não se tem tempo para preparar as coisas, rapidamente se tira uma caixa e com mais qualquer coisa se faz uma sopa. 



Lavo e descasco se for caso disso e parto tudo de modo a ficar pronto para utilizar, em caixas de mix para sopa.



Ou em sacos só com um produto, se a quantidade é mesmo muita e assim vou tirando para utilizar no que for necessário.



 Para sopa, costumo aproveitar e congelar também os talos ou toros de couve, de alface, beterraba....

Quando preparamos a couve para sopa, e outros legumes, normalmente deitamos para o lixo montes de talos e folhas menos viçosas, que se não estiverem estragadas ficam lindamente no puré da sopa, mas como não é oportuno, normalmente deitamos fora, eu já há muito tempo que aproveito tudo.
Desde que sejam talos tenros e biológicos, corto em pedacinhos e congelo, quando vou fazer a próxima sopa, junto aos legumes para triturar.

O mesmo se tiver brocolos ou couve flor que prevejo não gastar atempadamente, antes que se estraguem, corto em raminhos e congelo.

1 comentário:

  1. Também congelo sempre os excedentes, assim dá para ir usando durante o ano em sopas, refogados, assados, etc.! beijinhos

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)