domingo, 21 de janeiro de 2018

Conimbriga ruinas e museu

Hoje vamos passear até Conimbriga.



As Ruinas romanas bem pertinho de Coimbra são sempre um passeio muito agradável, ao domingo de manhã é gratis e dá para aproveitar a visita ás ruinas e ao Museu, muito bem organizado por épocas e com um espólio valioso.
Também eu já visitei este espaço em várias épocas e gosto sempre de dar lá uma volta, estas fotografias que deixo são um resumo dessas visitas.




Com o declínio do Império nos finais do séc. IV, foi elevada uma monumental muralha defensiva, o que não impediu o assalto da cidade pelos suevos, em 468 e o consequente declínio de Conímbriga, que se foi desertificando e os habitantes que restaram deslocaram-se para Condeixa-a-Velha, mais a norte.






Na zona das ruinas encontramos alguns pontos em que há construções novas que recriam as construções antigas nos locais onde elas estavam.






 As grandes escavações levadas a cabo ao longo do sé. XX revelaram um valioso e complexo conjunto de edifícios, incluindo termas, um aqueduto que percorre mais de 3.400 metros desde a fonte, e restos de uma basílica cristã, provavelmente do séc. VI.



Um dos sítios arqueológicos mais ricos de Portugal, Conímbriga teve origem num castro celta da tribo dos Conii, nos finais da Idade do Ferro. Ocupada pelos romanos a partir de 139 a.C. e a sua população totalmente romanizada, foi sob o imperador Augusto, no séc. II d.C. que a cidade conheceu o seu esplendor, tendo sido construídas então termas públicas e um Forum, cuja reconstituição se pode ver no Museu.










Uma zona que está muito bem conservada e tem inclusive uma extrutura a proteger é a zona das casas nobres que conservam o magnífico chão em mosaicos polícromos, destacando-se a casa de Cantaber, residência típica do séc. III e uma das mais amplas em todo o mundo romano ocidental e a casa dos Repuxos, com uma área de 569 m2 pavimentada de mosaico, ornamentada com vistosos quadros que ilustram temas mitológicos e do quotidiano, onde um peristilo central ajardinado e com jogos de água o tornam único.











O museu muito interessante e organizado, tem logo no inicio um mapa interativo, onde pequenos e graúdos podem ver o percurso dos romanos na europa, com um esquema de luzes que acendem por épocas.


Objetos, esculturas, moedas, cerâmica....









 Uma visita que vale a pena, um museu a céu aberto, uma lição de história e para as crianças curiosas é um passeio muito giro, divertem-se muito a imaginar os romanos nas suas casinhas :)

Para quem quiser pode almoçar lá, porque tem O restaurante do museu, bom e o preço não é exagerado.

Para dormir existem muitas opções em coimbra, mas mesmo em Condeixa a nova existe uma pousada Pousada Condeixa Coimbra

Já fizeram um like 👍facebook Cininha aqui«««

2 comentários:

  1. Se não me engano faz muitos anos que visitei isso e adorei bastante
    já não me lembrava como era algumas coisas
    Beijinhos
    Novo post ( Review Removedor De Maquilhagem ) // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  2. Desde que existe a A17 como alternativa à A1 que o meu caminho para Penacova mudou.
    Com esta mudança Conimbriga, onde ida de quando em vez ficou mais longe e esquecida.
    Mas é uma pequena pérola do passado que deve ser visitada e não esquecida.
    Obrigada pelo passeio de domingo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Não passe sem deixar um miminho :)