Broinhas de abóbora e frutos secos

Estas broinhas fui buscar ao site da Vaqueiro, já tenho mencionado por aqui que gosto muito das receitas desta página, livros e revistas, normalmente resultam sempre bem, ao contrário de outras páginas, estas são efectivamente testadas e trabalhadas para que resultem e normalmente são fáceis de executar.

As receitas que levam abóbora, seja bolos ou filhós, tem que se cozer a abóbora com algum tempo de antecedência e deixar escorrer bem, por vezes até recomenda espremer num pano....

Tudo procedimentos que não combinam comigo, gosto de pensar e executar logo, não sou paciente para esperar por quem não prometeu vir, sei que há coisas na culinária que precisam de processos demorados, mas eu não sou apreciadora dessas receitas.

Assim esta receita é bem ao meu gosto, passa essa parte da abóbora e faz-se tudo na hora.
 A receita transcrevo a que está no site, porque está muito bem.



500 gr de abóbora limpa
200 gr de açúcar
1 limão
1 pau de canela
50 gr de Vaqueiro Clássica
500 gr de farinha
250 gr de farinha de milho
1 saqueta de levedura de padeiro desidratada 
100 gr de miolo de noz
100 gr de passas
Açúcar em pó


Coloque a abóbora cortada em dados num tacho, junte o açúcar, a casca de limão e o pau de canela.

Leve ao lume e deixe ferver destapado até a abóbora estar tenra.

Retire o pau de canela e a casca de limão e triture com a varinha mágica. Adicione a Vaqueiro Clássica aos pedaços e mexa até derreter.

Numa tigela, misture as farinhas com a levedura de padeiro, o miolo de noz grosseiramente picado e as passas.

Abra uma cavidade ao meio e deite aí o puré de abóbora, mexa com uma colher de pau até ligar todos os ingredientes, eu deitei logo depois de triturar e penso que estava quente demais e a massa não levedou muito bem, não sei se matou os fermentos ou se o fermento já não estava a 100% porque já o tinha cá em casa há muito tempo.

Amasse bem a massa, molde em bola e polvilhe com um pouco de farinha.


Tape com um pano e deixe levedar em local aquecido durante 2 horas.


Molde a massa em bolinhas do tamanho de 1 ovo com a ajuda de farinha e coloque-as afastadas entre si sobre tabuleiros forrados com papel vegetal.


Dê-lhes o formato de broinhas e deixe levedar durante mais 30 minutos, não fiz isto porque não reparei atempadamente...
Entretanto, ligue o forno e regule-o para os 180º C, leve as broinhas a cozer durante 20 minutos.
eu cozi a 200º e ficaram cozidas demais.
Por estes pormenores que me escaparam elas não cresceram muito, mas ficaram muito boas.

Depois de frias recomenda que se envolva as broinhas em açúcar em pó antes de as guardar em caixas de lata, eu não fiz esta parte, mas deve ficar bem, porque não ficam muito doces.

Nós gostámos muito, quentes e crocantes são mesmo viciantes e isso porque são menos doces, não enjoam.


Esta receita dá para mais ou menos 30 unidades, dependendo do tamanho que se fizer, eu fiz pequeninas.

Cininha💖

Comentários

  1. Ficaram fantásticas!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

se gostou deixe um comentário :)

Mensagens populares