domingo, 15 de setembro de 2019

Bretanha roteiro para uma semana

"A Bretanha (em francês Bretagne, em bretão Breizh, em galo Bertaèyn) é uma região administrativa do oeste da França com uma larga costa litoral entre o Canal da Mancha e o Oceano Atlântico. 
A sua capital é Rennes e seus habitantes chamam-se bretões. 
Seu litoral é extenso e acidentado a Costa de Granito Rosa é famosa pelas suas rochas e areias incomuns, em tons rosados. 
A Bretanha é conhecida também pelos seus muitos menires. pré-históricos."
in wikipédia

Para além das praias a Bretanha tem muito para oferecer aos turistas, é uma região muito rica culturalmente e históricamente.

Conheço já bastante de França, mas esta foi a região que mais me encantou até agora, pela arquitectura, pela tranquilidade e pelas praias que nem imaginava que tinha, conhecendo algumas da vizinha Normandia de pedras.... estas de areia fina e água cor esmeralda encantaram-me.

Nesta viagem o principal objectivo era a visita a Le Mont-Saint-Michel, mas no global  revelou-se muito mais interessante do que o esperado.


Há muitos pontos de interesse a visitar, o roteiro que fizemos foi o que deixo aqui, feito no guia Michelin.

Pelo traçado das principais paragens, o guia michelin diz que fizemos 688km, numa semana, mas fizemos mais algunssss..... mas pela tranquilidade dos locais visitados eu diria que fizemos pouco.

este traçado não tem as paragens todas, porque o guia michelin só permite estas.

Como as distancias são curtas entre as cidades maiores que faziam parte do trajecto, permite outras paragens em cidadezinhas mais pequenas, para visitar, almoçar ou simplesmente olhar.

Os percursos fizemos por estradas nacionais e por autoestradas, todas com pouco transito e em óptimo estado, para além de que todo o circuito em autoestrada é grátis.

Uma viagem para uma semana que valeu por um mês de descanso, locais todos de uma calma contagiante, eu diria que se deixasse o carro aberto e a máquina fotográfica em exposição eu iria encontrá-la lá.

O voo pela Easyjet, Porto-Nantes muito tranquilo e rápido também, quase convida a ir mais vezes, numa voltinha de fim de semana, para ir à praia ou simplesmente descansar.
Poderia ser pela Transávia também e a diferença mais importante é o horário, para quem quer ir bem cedinho para aproveitar o tempo este sai pelas 7 da manhã, enquanto que o da easyjet sai pelas 11h.

Para nos movimentarmos por lá à nossa vontade e ritmo o aluguer de carro foi a melhor opção, pela Avis, reservado cá directamente pelo telefone, para garantir que o carro escolhido teria o seguro perfeito, com tudo que nós queríamos.

Para dormir escolhemos as cidades com maior interesse e onde pretendíamos passar mais do que um dia, ou perto delas, já que em alguns sítios optámos por dormir fora dos grandes centros em pequenas vilas ou lugares perdidos no meio do nada, para melhor sentir a vida Bretã.

Lista assinalada no roteiro
🅑Vannes
🅒La Gacily
🅓Dinant
🅔Saint-Maló
🅕Le mont saint Michel
🅖Fougères
🅗Nantes.

Os outros sítios que encontrámos por acaso ou não, são tão ou mais interessantes que estes, passem por cá para ficar a saber quais são😀😀

Com hotéis marcados com antecedência, no 👉Booking para garantir lugar nos sítios desejados, mas que depois se revelou pouco útil, porque com a enorme oferta que existe por lá, poderíamos ir marcando para assim ajustar melhor o trajecto.

Para seguir esta viagem que vou publicar em breve por paragens, basta seguir a minha página, para aguçar o apetite deixo apenas uma foto
 👉Cininha 💖💖

2 comentários:

  1. Também eu, por contágio do marido adoro visitar a França que conheço relativamente bem.

    Há muitos anos fizemos essa região e na altura adorámos St-Malo.
    Do Mont-Saint-Michel ainda hoje recordamos o delírio dos filhos com as omeletes de Madame Poulard.
    O monsieur batia os ovos fazendo uma música rítmica. Depois iam para uma frigideira gigante aquecida em fogo de lenha.
    Boas recordações que nos chegaram com este post. Obrigada.

    Continua a faltar-me uma ida aos castelos do Vale do Loire. Talvez para 2020 se o filho agora já grande me quiser levar a partir do seu canto em Paris.

    Fico à espera do resto.
    Beijinhos
    Dilene

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dilene
      Pois se tem o filho como guia agora é aproveitar, essa zona é linda também, grandiosos os castelos, já fui duas vezes e adorei, tenho por aí os que visitei.
      beijinhos

      Eliminar

Não passe sem deixar um miminho :)