segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Feliz 2013

Desejo a todas as minhas amigas e amigos, seguidoras e seguidores ou simplesmente visitantes 

um excelente ano 2013 

que traga a cada um o que mais desejar

alegria, paz, e que traga  principalmente saúde

 porque o resto a gente corre atrás

BOM ANO

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Torta de laranja

Esta torta de laranja é daquelas que costuma sempre sair bem, esta só para contrariar em vez de torta saiu meia direita, ou seja estalou toda, não percebi bem o que se passou, se estava quente demais ou mal cozida...ou se por ter substituído 2 ovos por 4 gemas...ou se saiu mal só porque lhe apeteceu.....

8 ovos (eu meti 6 mais 4 gemas)
500gr de açúcar (eu cortei 80gr)
Sumo e raspa de 2 laranjas grandes
2 colheres de sopa de farinha.

Juntar os ingredientes sólidos e envolver bem.

Juntar os ovos e mexer muito bem com uma vara de arames, por ultimo juntar o sumo e a raspa de laranja e misturar bem.

Levar ao forno em tabuleiro forrado com papel vegetal e untado com manteiga, a 200º durante 20 minutos, ou até estar cozida.

Virar sobre um pano polvilhado com açúcar e enrolar.
Esta ficou com um ar de tronco de natal,  deliciosa enrolada ou partida :-)

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Bolo de mirtilos, nozes e iogurte

Há sempre bolos e doces que nos cativam mais ou menos e há alguns que nos cativaram e depois nos desiludiram por este ou aquele motivo.
Este foi um daqueles que cativou e não desiludiu, para mim foi o bolo do ano, desde que o vi no blog da Leia que nunca mais me saiu da cabeça e rapidamente o experimentei.

É um bolo que para o meu gosto tem tudo para ser bom, ingredientes bem proporcionados, sem exagero de nada, fruta fesca nos mirtilos e seca nas nozes uma coisa que gosto muito em bolos e doces, para além disso tem todo o aroma de natal, época em que nos encontramos.

Para mim só teve mesmo um defeito, uma coisa que me desiludiu, é pequeno demais, comeu-se todo num lanche de amigos, não sobrou nadinha para o dia seguinte, um bom motivo para repetir e já comprei até os ingredientes...

90 gr de manteiga
100 gr de açúcar
2 ovos grandes
180 gr farinha
1 iogurte
125 gr de mirtilos
1 colher de chá de baunilha
1/4 colher de chá de bicarbonato
1/4 de colher de chá de sal
Mistura para polvilhar
1/2 chávena de açúcar mascavado
1 chávena de nozes
1 colher de chá de canela

Fazer uma mistura com o açúcar mascavado, as nozes picadinhas e a canela e reservar.

Bater o açúcar com a manteiga á temperatura ambiente até formar um creme fofo, juntar os ovos e a baunilha e continuar a bater.Em seguida envolver a farinha, o bicarbonato e o sal e misturar bem.

Juntar o iogurte e envolver no preparado, de modo delicado os mirtilos.

Deitar metade da massa numa forma untada e enfarinhada e por cima polvilhar com a mistura de açúcar nozes e canela. Deitar em cima o resto da massa e polvilhar com a restante mistura. Levar ao forno a 180º durante 45 min.

Eu fiz em forma de bolo inglês  porque não tenho uma redonda mais pequena e como vi que o bolo iria ficar pequeno cozi nesta.

O meu ficou um nadinha tostado demais, coisas do forno novo que ainda não entrou nos eixos, mas isso só lhe conferiu um crocante ainda mais delicioso.

Bom Natal a toda a minha familia, todas as minhas amigas, amigos e seguidores aqui no blog.

sábado, 15 de dezembro de 2012

Chanfana

Chanfana porque sim...

Cá em casa não tenho grandes admiradores deste prato tão típico português, o pequeno não gosta porque não, o grande não gosta pelo cheiro...... mas enfim um dia destes vi carne de cabra á venda e decidi comprar para experimentar, sou teimosa e gosto de experimentar tudo...

A experiência não correu pelo melhor, porque para além de não ter um caçoilo de barro próprio para fazer, o pirex que eu pensava ser grande suficiente para a fazer, também não deu, por isso meti mesmo num tabuleiro de barro e foi por isso que a coisa não correu bem, porque não consegui ter a carne toda submersa em vinho, sem fazer asneiras no forno.

Mas vou comprar o dito caçoilo para repetir, porque os menos fãs desta carne até aprovaram, com o devido senão que foi a carne não estar suficientemente tenra, mas de sabor estava óptima e até porque se pode sempre fazer chanfana de outras carnes, de galo por ex.

Esta chanfana é típica daqui da zona de Coimbra  feita normalmente em forno de lenha e cozida em caçoilos fundos de preferência de barro preto.

2 kg de carne de cabra
1 cabeça de alho
Colorau
Folhas e pauzinhos de louro
Sal
Pimenta e ou piripiri para quem gostar
Azeite e ou banha de porco como vi em muitas receitas, eu usei azeite.
Vinho tinto de BOA qualidade q.b. (até tapar a carne)

Parte-se a carne em pedaços mete-se no caçoilo de barro e tempera-se a gosto com todos os ingredientes indicados. Os dentes de alho podem-se esmagar mesmo com a casca e picar alguns. 

Tapa-se a carne com o vinho e deixa-se assim a marinar de um dia para o outro.

Quem tem forno de lenha, normalmente deixa a cozer no forno de um dia para o outro, ou seja, toda a noite no forno e a carne fica super tenrinha, a desfazer-se como se de frango de aviário se tratasse. No meu caso deixei no forno por 3 horas e não ficou assim, mas penso que também foi pelo recipiente não ser próprio.
Ao longo da cozedura pode-se ir juntando vinho para que a carne se mantenha tapada.

Com batata cozida e grelos é o típico, eu juntei uns legumes salteados.

O sabor ficou muito bom, sem aquele sabor típico da carne de cabra que muitas pessoas não apreciam.

domingo, 9 de dezembro de 2012

Bolachinhas e argolinhas de três sabores

Estas bolachas fiz para experimentar o meu forno novo e para o meu menino levar para escola, por isso fui buscar uma receita simples a um blog com crianças e achei que seria uma receita boa para o meu menino que também só gosta de coisas simples.

A receita não foi muito bem sucedida, a autora já dizia que a massa sem ir ao frio não se cortava bem, mas nem depois de sair do frio ela se cortou, ficou demasiado pegajosa, penso que tem manteiga ou ovos a mais.

Como não consegui fazer nada da massa, juntei mais uns 200 gr de farinha e a pedido do menino que queria umas de chocolate, dividi a massa em três partes.

Numa juntei 3 colheres de sopa de chocolate em pó

Noutra juntei raspa de um limão

A outra ficou assim mesmo

2 ovos
200 gr de margarina
100 gr de açúcar
1 pitada de sal
400 gr de farinha
Chocolate em pó e raspa de limão a meu gosto.

Meter os ingredientes principais, todos no copo da Mycook e programar 30 seg. vel. 7
Em seguida marcar mais 2 min vel amassar.

Retirar a massa do copo e amassar mais um bocado á mão, só para uniformizar, envolver em pelicula aderente e guardar no frigorífico durante pelo menos 30 min.

Esticar com espessura a gosto e cortar com as forminhas próprias de bolachas ou formar argolinhas, levar ao forno em tabuleiro, eu levei num um tapete de silicone, muito prático e eficiente.

O tempo de cozedura é muito rápido, estas como foi para experimentar o forno novo e como estava ao mesmo tempo a vigiar o estudo do menino que queria também cortar, foi uma catástrofe metade ficaram cozidas demais e outras foram mesmo para o lixo torradinhas, começaram mal e acabaram pior, está visto que não se pode fazer muita coisa ao mesmo tempo....
Quanto aos sabores, fizeram sucesso, para mim as de limão foram as melhores, para o mais pequeno foram as de chocolate que venceram.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Bolo de banana

Este bolo foi feito há meses, mas nunca saiu aqui, porque perdi a receita e nunca mais encontrei, na minha desorganização, muitas vezes copio os tópicos de uma receita para um post-it autocolante e colo-o na parede em frente á banca onde vou fazer, este não sei por obra de quem... desapareceu....

Procurei, procurei o sitio de onde tirei e não encontrava, já tinha desistido quando voltei a procurar e encontrei e sei que foi esta receita porque tinha o pormenor de levar muitas bananas nanicas e eu usei metade da quantidade de bananas normais que se vêem por aqui.

7 bananas nanicas, usei 4 normais
3 ovos 
100 gr de margarina
Meia chávena de leite
1 colher sobremesa de canela
1 chávena de açúcar
2 chávenas e meia de farinha com fermento
1 colher de sopa de fermento em pó
Açúcar e canela para polvilhar

Com um garfo amasse 4 bananas(2 e meia no meu caso). Reserve. 
No liquidificador bata os ovos inteiros com a margarina, o leite, a canela em pó e o açúcar.
Transfira para uma tigela e misture a farinha de trigo e a banana reservada.

Coloque numa forma de 22 cm de diâmetro  untada e enfarinhada, eu fiz caramelo e meti no fundo em vez de untar e enfarinhar.Cubra com o restante das bananas, cortadas ao meio e com o preparado anterior.

Polvilhe com açúcar e canela e leve a cozer em forno pré-aquecido a 200º durante aproximadamente 30min, ou até dourar.

Deixe arrefecer e desenforme.
Fica um bolo saboroso e com alguma humidade, as bananas que usei talvez não fossem as melhores, ou não estavam maduras suficiente, porque ficaram muito direitinhas e algo duras, mas o sabor é muito bom.

sábado, 1 de dezembro de 2012

Pudim de queijo.

Este pudim fiz para aproveitar um queijo creme que me sobrou de uma tarte, compro normalmente embalagens de 500 gr, que fica muito mais barato do que o mais famoso que anda no mercado,  muito bom, mas caro e cheio de gordura.
Queijo creme serve sempre para mais alguma coisa ou então para comer com pão, nada se desperdiça, por isso também compro a embalagem maior.

A receita é a minha tradicional de pudim de ovos dos copos, que já está por aí, só que agora medi para saber exactamente as quantidades.

6 ovos
300ml de açúcar
300ml de leite
250gr de queijo fresco creme (phoenicia)

Bater todos os ingredientes numa taça e transferir para uma forma coberta com caramelo.

Levar a cozer, em forma própria com tampa, na panela de pressão super-rápida e em 10min está pronto.
Também se pode cozer em banho maria no forno, mas é um processo muito mais demorado.
Ficou com um sabor e uma textura muito bons, um bocadinho diferente do comum.